Preconceito na sala de aula

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1201 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO
PEDAGOGIA

ruth ferreira bento silva

PRECONCEITO NA SALA DE AULA

Vilhena - RO
2012

ruth ferreira bento silva

PRECONCEITO NA SALA DE AULA

Trabalho apresentado ao Curso de Pedagogia da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para as disciplinas de Comunicação e linguagem, Psicologia da Educação II, Educação e Diversidade:RelaçõesÉtnico-raciais e O Trabalho do Pedagogo nos Espaços Educativos.
Profs. Lilian Salete Alonso Moreira de Lima, Carlos Eduardo de Souza Gonçalves, Fábio Luiz da Silva e Vilze Vidotti Costa
Tutora eletrônica: Paula Priscila Marconi
Tutora de sala:Angela Maria de Sousa Boscardim

Vilhena – RO
2012
Sumário

1 INTRODUÇÃO 3
2 PROBLEMÁTICA ESTUDADA 3
3 PÚBLICO ALVO 4
4 JUSTIFICATIVA 4
5 OBJETIVO GERAL 5
.5
5.1 OBJETIVOS ESPECÍFICOS 5
6 ETAPAS 5
7 CRONOGRAMA 6
8 AVALIAÇÃO 6
9 ANEXOS 7
10 REFERÊNCIAS 8

1 INTRODUÇÃO

Pretende-se através deste plano de ação nos capacitar a ter um posicionamento diante de muitos tipos de preconceito ocorrido dentro da sala de aula, o texto de exemplo da Natália não ocorre apenas na ficção, com relação a esse tema convivemos desde cedo com certospreconceitos,estes casos existem todos os dias dentro do lar, na escola pelos colegas, na rua e etc., os professores e funcionários da escola precisam de planos para que estes sejam amenizados e até serem excluídos de dentro de da sociedade, dando ênfase que cada pessoa tem o seu jeito de ser, segundo Marcos Rolim:

As escolas não são instituições apartadas da sociedade. Assim, se termos preconceitos epráticas discriminatórias disseminadas socialmente, seria de se esperar que estes fenômenos também se fizessem presentes nas escolas. Por óbvio, quanto maior o espaço para a reprodução dos preconceitos, maior a gravidade e a prevalência do bullying, como de resto de toda a violência. Ao que tudo indica, uma parte significativa dos professores também compartilha de muitos preconceitos, o que tornamais difícil que estes educadores percebam os processos de exclusão e certas práticas de violência que se verificam nas relações entre os alunos(ROLIM, 2010)



2 PROBLEMÁTICA ESTUDADA

O texto de referência utilizado como o de Natália, pode ser utilizado como um estudo de caso, ou seja quando isso acontece dentro do ambiente escolar acredita-se que é competência da escola, e do pedagogoque tem uma maior convivência dentro do horário escolar, é claro que não compete fazer este trabalho sozinho, sendo que dentro da escola existe o psicólogo escolar, ou até mesmo o psicopedagogo e orientação.



3 PÚBLICO ALVO

Crianças do ensino fundamental da primeira série onde os mesmos estão iniciando a sua carreira escolar,pois é nessa fase que pode se desenvolver habilidades nascrianças e nos adolescentes,afim de que encarem o crescimento e a inserção social de modo mais favorável e é nessa fase que estão construindo a base, podemos fazer uma comparação a uma casa, que primeiro é construído o alicerce logo em seguida vai dando continuidade nos outros processos. E também aplicando atividadespara interagir com os colegas de sua sala e também de outras salas, criando assim umconvívio social harmonioso e prazeroso.

4 JUSTIFICATIVA

A proposta deste plano de aula visa desenvolver e diminuir com os alunos os preconceitos e descriminação, a fim de conservar a harmonia e o prazer proporcionado por estas atividades abaixo que podem ser utilizadas dentro da sala de aula, possibilitando às crianças conhecimento de que o preconceito não é apenas em questão de cor, e simtambém precisa participar da construção do relacionamento sólido, interagindo com os colegas e familiares nas brincadeiras e desenvolvendo valores importantes na formação do ser humano como os desenvolvimentos motor, físicos, cognitivos, afetivos, principalmente a interação e o respeito pelos amigos.
E proporcionar que os pequenos explorem assuntos de diferentes velocidades e também em...
tracking img