Preconceito com as profissões

Preconceito com as profissões.

Por: Lucas Brandão

Desde pequenos somos condicionados a querer sempre um cargo alto, uma profissão onde a margem de lucro é grande ea profissão escolhida tenha mais regalias. Isso acontece devido à visão capitalista da sociedade, já nascemos com o capitalismo entranhado em nós, e desde crianças somoseducados para desenvolver mais ainda essa mentalidade capitalista.
Essa visão capitalista nada mais é do que a visão em que o alto lucro é priorizado, uma boaprofissão, na visão da sociedade, são aquelas chamadas “profissões de elite” onde o ganho é mais alto. Querer ter uma profissão com um bom salario não errado, mas se torna quandomenosprezamos pessoas que não a possuem. Visto que isso acontece porque temos mais respeito àquelas pessoas que já chegaram ao topo, onde queremos chegar um dia, enquantoquando vemos alguém trabalhando em um lugar mais simples o diminuímos direta ou indiretamente.
O que não percebemos é que para o capitalismo funcionar, ou seja, para onosso país funcionar devemos ter respeito para com essas pessoas, pois, elas são a base da estrutura capitalista. Podemos fazer referência com o proletariado de outrora,comparado com as profissões consideradas por muitos as inferiores, sem elas o país não se desenvolveria. Dando o exemplo do professor, uma profissão que poucos desejamser, mas sem eles não haveriam as “profissões de elite”, eles são a base para quase todas as profissões, mas apesar disso são menosprezados na maioria das vezes, até mesmopelo governo que oferece péssimas condições de trabalho e etc. O que precisamos compreender é que para uma grande máquina funcionar ela necessita de pequenas peças!