Pre projeto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1025 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIFEOB - CENTRO DA FUNDAÇÃO DE ENSINO OCTÁVIO BASTOS

CURSO DE QUÍMICA – LICENCIATURA

PRÉ-PROJETO/ CONSTITUINTES QUÍMICOS DAS PLANTAS MEDICINAIS

Disciplina: Projetos Experimentais I
Série: 2° ano
Professor: Odair
Aluno: Ingridy Karoline Nogueira Ferreira, Ra: 602997.

São João da Boa Vista, SP.
Junho 2011

Sumário

1.Introdução......................................................Pág. 3
2. Objetivo............................................................Pág. 4
3. Desenvolvimento.............................................Pág. 4
4. Conclusão........................................................Pág. 6
5. Referências......................................................Pág. 6

1. - IntroduçãoConstituintes químicos são princípios ativos encontrados nas plantas que concedem ação terapêutica.
Esses constituintes são distribuídos nas plantas de maneira desigual, em algumas os constituintes estão em toda parte, em outras não.
Eles são classificados por vários grupos: glicídios, lipídios, proteínas, vitaminas, minerais, alcalóides, glicosídios, essências e resinas, ácidosorgânicos e taninos.
O uso de plantas medicinais é muito antigo, era usado por grupos étnicos e comunidades em muitas vezes como o único método de curar enfermidades. É um recurso que até hoje é muito utilizado e tem uma grande eficácia, sabendo-se que na maioria das vezes seus constituintes químicos não são conhecidos, trazendo assim muito interesse na área da pesquisa.
Além de serem muitoeficazes, tem uma parte negativa, pois alguns constituintes de algumas plantas podem ser tóxicos, por isso até hoje há certos cuidados com esse recurso tão natural, e exatamente por ser natural que pesquisadores tentam inserir ele no comércio farmacológico, pois principalmente no nosso país há uma biodiversidade em plantas que na maioria das vezes são medicinais.
Há certo cuidado decolheita para cada tipo de local que a planta foi cultivada e também com o seu processamento que pode ser: uso direto do material fresco, extração de substâncias ativas ou aromáticas do material fresco e secagem do material fresco, para que nada desse material seja perdido. A manipulação deve ser feita exatamente para o que aquela planta é especifica.
Cada planta tem seu efeito. Portanto devehaver muito cuidado ao serem utilizadas, pois usadas errado pode não trazer o efeito desejado.

2. - Objetivo

Conhecer os princípios ativos que são encontrados nas plantas medicinais, trazendo assim maior eficácia e segurança, podendo ser inserido no mercado farmacológico. Como é um recurso de fácil acesso, pode ser cultivado em fundo de quintais, pode ter um custo mais baixo e umexcelente efeito terapêutico, levando em conta os seus constituintes químicos conhecidos para ser usado com segurança, levando certamente ao efeito esperado.

3. - Desenvolvimento

Plantas medicinais vêm sendo utilizadas há milhões de anos por várias comunidades. Os constituintes químicos nelas presentes trazem ação terapêutica. Essa ação terapêutica se deve aos princípios ativos,encontrados de maneira desigual na planta.
São classificados por grupos: glicídios, lipídios, proteínas, vitaminas, minerais, alcaloides, glicosídeos, essências e resinas, ácidos orgânicos e taninos.
Cada um desses grupos possuem suas utilidades. Vejamos abaixo:

Ácidos orgânicos- é encontrado nas plantas em grande quantidade, sendo abundante nos frutos. Alguns exemplos: ácidosalicílico (anti-inflamatória, analgésica, antipirética), ácido oleico (utilizado para regular o nível de colesterol).
Glicosídeos- são substâncias compostas de carbono, hidrogênio e oxigênio. Alguns exemplos: amidos (energéticos, emolientes, suavizante e anti-inflamatória), mucilagens (emolientes, anti-inflamatória, laxante, antitussígenas), pectina (lubrificante e suavizante)....
tracking img