Pre projeto de mestrado

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1676 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade de Sorocaba Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura – Mestrado

Luiz Guilherme Leite Amaral

A Formação das Religiões Abraãmicas pela Herança Cultural e Força da Comunicação

Pré-projeto de pesquisa apresentado ao Exame de Seleção ao Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura – Mestrado – como requisito parcial do processo seletivo. Eixo Temático: ComunicaçãoSocial Linha de pesquisa: Teoria Comunicacional O projeto visa aprofundar a concepção e história das religiões abraãmicas, suas funções filosóficas e seus desencadeamentos na sociedade.

2011

RESUMO O trabalho tem a proposta de esclarecer os caminhos da construção das religiões abraãmicas pela herança cultural e pela força da comunicação. O conhecimento da proveniência destas religiões équase que nulamente discutido. Isto se deve ao caráter dogmático dela implicado, em especial pelos líderes, pela própria doutrina ou pelos que defende a crença religiosa. A questão é que a história, a antropologia, a sociologia, a neurociência e a teoria da comunicação conseguem construir uma teia lógica para o entendimento do processo religioso, seja em caráter individual ou para o grupo. A partirdesta compreensão, é possível analisar o progresso das religiões abraãmicas na sociedade atual e compreender as novas frentes comunicacionais inerentes a elas, como a tele-homilética e a Revanche do Sagrado. INTRODUÇÃO Por mais que saibamos que uma religião não se cria com apenas uma pessoa – é necessária a fé de uma multidão para que ela adquira seus principais elementos – é também no indivíduoque reside o material principal para que elas sejam constituídas. A Teoria da Mente, de Simon Baron Cohen, aliadas às interpretações do psicanalista Andrew Thomson nos fazem entender quais são as condições fisiológicas e psiquícas que nos fazem criar e acreditar em assuntos sobrenaturais. Este processo é longo, e só é possível desbravá-lo quando caminhamos pela Teoria da Evolução, de CharlesDarwin, e analisamos as Cognições Sociais, os enfrentamentos diários do ser humano pela convivência em grupo em prol da sobrevivência e perpetuação da espécie. Assim, o que nos motiva a criar deuses? Por que sentimo-nos atraídos por crenças? E por que institucionalizamos estas crenças? Estas questões envolvem uma gama de sentimentos que existem em nós, fazendo com que a religião torne-se não apenas umassunto sagrado, mas um código entre conteúdos de um mesmo círculo social e um estilo de vida. Karen Armstrong, no livro A History of God, mostra-nos de maneira meticulosa todos os caminhos de Javé, desde sua derrocada no panteão cananeu até sua eleição como deus dos israelenses. A partir deste e de outros registros históricos, pode-se traçar o caminho pelo qual o pensamento religioso começa atomar forma, passando pelas seitas e religiões de grande penetração, como o hinduísmo, até o momento em que as religiões abraãmicas tornam-se instituições.

Esta institucionalização auxiliou as sociedades a se moldarem, ainda que mediante o temor da punição eterna, e a principal forma de fazer isso foi por meios de comunicação verbais e não verbais. Marshall MacLuhan, em A Galáxia de Guttemberg,afirma que a escrita individualiza, fazendo com que as pessoas fiquem alheias umas às outras e que o conhecimento não é difundido como deveria ser. Neste projeto, no entanto, há uma discordância desta afirmação ao descobrir que as escrituras religiosas aliadas à homilética são de grande valia para a difusão dos conceitos religiosos. As religiões, então, tornam-se uma faca de dois gumes: ao mesmotempo em que guiam seus seguidores para a ordem, ela também é responsável por derramamento de sangue entre frentes divergentes. Quando entendemos a história das religiões e como elas surgem, entendemos também seus propósitos e, principalmente, conseguimos colocá-las no âmbito do fantasioso. Ao analisarmos a formação do Judaísmo, por exemplo, é fácil concluir que todos os seus preceitos advêm de...
tracking img