Pratica ambulatorial

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1171 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE ANHANGUERA E ANÁPOLIS
PRÁTICAS AMBULATORIAIS EM MEDICINA VETERINÁRIA

FARMÁCIA
Regulamento e Medicação

Prof.ª MSc. NÍVIA FARIA SILVA SIMERMANN

FARMÁCIA – HOVET-SFA

LOCALIZAÇÃO

RESPONSÁVEL – FARMACÊUTICO







Aquisição
Estoque (insumos e medicamentos)
Armazenamento - almoxarifado
Distribuição
Preço
Balanço mensal

 PSICOTRÓPICOS - psique=mente,topos=alteração
modificadores seletivos do Sistema Nervoso Central
Classificação segundo OMS: ansiolíticos e sedativos; antipsicóticos
(neurolépticos);

antidepressivos;

estimulantes

psicomotores;

psicomiméticos e potencializadores da cognição.

 Medicamentos sujeitos a controle especial - Portaria n.º 344
A1 e A2 (entorpecentes), A3, B1 e B2 (psicotrópicas), C1 (outrassubstâncias sujeitas a controle especial), C2 (retinóicas para uso

sistêmico) e C3 (imunossupressoras).

RESOLUÇÃO DA DIRETORIA COLEGIADA – RDC Nº 44, DE 17 DE
AGOSTO DE 2009
CAPÍTULO II - DAS CONDIÇÕES GERAIS
Art. 2º As farmácias e drogarias devem possuir os seguintes
documentos no estabelecimento:
I - Autorização de Funcionamento de Empresa (AFE) expedida pela
Anvisa;
II - AutorizaçãoEspecial de Funcionamento (AE) para farmácias,
quando aplicável;
III - Licença ou Alvará Sanitário expedido pelo órgão Estadual ou
Municipal de Vigilância Sanitária, segundo legislação vigente;
IV- Certidão de Regularidade Técnica, emitido pelo Conselho Regional
de Farmácia da respectiva jurisdição; e
V - Manual de Boas Práticas Farmacêuticas, conforme a legislação
vigente e as especificidades decada estabelecimento.

• DA INFRA-ESTRUTURA FÍSICA
• Seção I
• Art. 5º As farmácias e drogarias devem ser localizadas, projetadas,
dimensionadas, construídas ou adaptadas com infraestrutura
compatível com as atividades a serem desenvolvidas, possuindo,
no mínimo, ambientes para atividades administrativas, recebimento
e armazenamento dos produtos, dispensação de medicamentos,
depósito dematerial de limpeza e sanitário.

Droga - Substância ou matéria-prima que tenha finalidade medicamentosa ou
sanitária.
Medicamento - Produto farmacêutico, tecnicamente obtido ou elaborado, com
finalidade profilática, curativa, paliativa ou para fins de diagnóstico.

Fármaco – sinônimo de droga ou medicamento.

Remédio – tudo aquilo que cura, alivia ou evita uma enfermidade, tantoagentes
químicos como físicos.
Receita - Prescrição escrita de medicamento, contendo orientação de uso para o
paciente, efetuada por profissional legalmente habilitado, quer seja de formulação
magistral ou de produto industrializado.
Insumo Farmacêutico - droga ou matéria-prima aditiva ou complementar de
qualquer natureza, destinada a emprego em medicamentos, quando for o caso, e
seusrecipientes.

Nutracêuticos - produto nutricional que se alega ter valor terapêutico.
Ex: rações “terapêuticas” (retirada de Na da ração de cães nefropatas)
e adição de outro composto com ação terapêutica.
Terapia ou terapêutica - tratamento para uma determinada doença
pela medicina tradicional, ou através de terapia complementar ou
alternativa.
Posologia - estudo da dosagem dos medicamentos com fimterapêutico.

Dose - quantidade do medicamento necessária para promover a
resposta terapêutica, enquanto.
Dosagem – além da dose, a frequência de administração e duração
do tratamento.

Drª Nívia Faria Silva Simermann - CRMV-GO: XXXX
Médica Veterinária
Mestre em Ciência Animal
Patologia, Clínica e Cirurgia Animal

ANIMAL:
ESPÉCIE:
PROPRIETÁRIO:
ENDEREÇO:

VIA DE ADMINISTRAÇÃOMEDICAMENTO

-----------------------------------------------------APRESENTAÇÃO

ADMINISTRAÇÃO, DOSE, DOSAGEM, FREQUENCIA E DURAÇÃO DO
TRATAMENTO.

DATA

ASSINATURA
CARIMBO

FORMA FARMACÊTICA OU PREPARAÇÃO
MEDICAMENTOSA


Pós: são preparações farmacêuticas que se caracteriza pela mistura de fármacos
e/ou substâncias química finamente divididas e na forma seca. Alguns pós são...
tracking img