Pratica 1 ensaio helicoidal

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (973 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ
CENTRO DE CIÊNCIAS DA NATUREZA
DEPERTAMENTO DE FÍSICA
DISCIPLINA: FÍSICA EXPERIMENTAL
PROFESSORA: ELYS RAQUEL









PRÁTICA 1: ENSAIO DA MOLACHERLEY








TERESINA/PI
AGOSTO/2011
ENSAIO DA MOLA
Prática 1, realização: 12/08/2011

2. OBJETIVOS

Determinar a constante elástica da mola helicoidal;Estudar a elongação de um elástico de borracha;
Verificar o fenômeno da histerese.


























3. INTRODUÇÃO

Robert Hooke (1635-1703)descobriu em 1676 a lei fundamental que existe entre a força e a distorção resultante num corpo elástico. Sua lei descreve a força restauradora que existe em diversos sistemas quando comprimidos oudistendidos.
A força restauradora surge sempre no sentido de recuperar o formato original do material. Assim, por exemplo, uma mola esticada ou comprimida irá retornar ao seu comprimento originaldevido à ação dessa força restauradora.
A figura 1a mostra uma mola com comprimento natural x0. Se esta for comprimida xxo, a força terá o sentido mostrado em 1c. Em todas as situaçõesdescritas a força é proporcional à deformação (elongação) ∆x, definida como:



∆x = x − xo equação 1: Variação deformaçãoFigura 1: (a) Mola sem ação de força externa. x0 corresponde ao seu comprimento natural.
(b) Mola sob ação de um corpo comprimido-a. (c) mola sendo esticada.





Quando um corpo estápreso a uma mola deformada, a força de contato que a mola exerce nele chama-se força elástica. Pelo princípio da ação-reação, as forças trocadas entre o corpo e a mola são de mesma intensidade. Logo, aintensidade da força elástica será dada, de acordo com a lei de Hooke, por:
F = −k∆x equação 2: Lei de Hooke
Onde F é a força (Newton), k...
tracking img