Pré-natal

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2879 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Pré-Natal

Índice

Introdução 3
A Concepção 4
O Embrião 5
O Feto 7
O Bebé 11
Gravidez e desenvolvimento pré-natal 12
 A experiência da Gravidez 12
Desenvolvimento pré-natal: três estádios 13
 Estádio germinal (da fertilização às 2 semanas): 13
 Estádio fetal (das 8 semanas até ao nascimento): 13
Actividade fetal e o ambiente fetal 14
Discriminação sensorial fetale aprendizagem fetal 15
Desenvolvimento pré-natal: adversidade ambiental 16
 Factores maternos: 16
Monitorização do desenvolvimento pré-natal 20
Cuidados pré-natais 21
Conclusão 22
Bibliografia 23

Introdução

Neste trabalho vamos falar um pouco sobre o desenvolvimento pré-natal, e em seguida sobre os vários estádios que se destacaram, com é o caso do estádio germinal,embrionário e fetal. Falámos também sobre as várias fases do bebé que vai desde a concepção até ao bebé.
Também vamos fazer referência a actividade, ambiente e adversidade fetal assim como à discriminação sensorial e aprendizagem fetal.

A Concepção

Entre 200 a 600 milhões de espermatozóides são depositados no interior da vagina, iniciando a sua viagem em direcção ao óvulo. Muitos morrem porque sãomais fracos, outros perdem-se no meio do caminho. Os melhores nadam, agitando as suas caudas que são o seu meio de locomoção. Finalmente, o pequeno número de sobreviventes que restou daquela multidão inicial, aproxima-se do óvulo (que para ele se configura imenso).
Alguns tentam penetrar no óvulo, mas apenas um consegue. Dá-se a fecundação.

A fecundação ocorre com o encontro dos gâmetasfeminino (óvulo) e masculino (espermatozóide), transportando na constituição de uma nova célula, o ovo ou zigoto, que carrega características da mãe (óvulo) e do pai (espermatozóide).
Inicia-se um processo de divisões do zigoto em 2 células, 4 células, depois 8 células e assim sucessivamente, é o começo da formação do novo ser.

No final da primeira semana após a fecundação, inicia-se o processoimplantação da massa de células na parede uterina.

O Embrião

Sabemos que os talentos e habilidades apresentadas pelo bebé começam-se a desenvolver muito antes dele nascer. Diversos estudos têm provado que o embrião é um ser inteligente e muito mais complexo do que nós imaginávamos.

Na 5ª semana de gestação, contada a partir do primeiro dia da última menstruação, ou seja, 3ª semana após afecundação, o seu sistema nervoso começa a formar-se e começam a aparecer as pernas e os braços. Surgem, pela primeira vez, movimentos bruscos.

A nutrição do embrião entre 4ª e 5ª semanas de gestação é feita através da Vesícula Vitelina. Ao completar 5 semanas de gestação, há a junção dos vasos do embrião com os vasos da placenta em formação, sendo o início da chamada circulação umbilical(feto-placentária).

A placenta será formada por tecidos maternos e fetais (sendo um órgão misto) e será a responsável final pelas trocas entre a mãe e o bebé.

Entre a 5ª e 10ª semanas de gestação, os principais órgãos e sistemas do embrião formam-se, e à medida que essas estruturas se desenvolvem elas afectam a imagem do embrião, que vai adquirindo uma figura humana.

Na 6ª semana, sua boca começa ase formar e seu coraçãozinho rudimentar pode visto batendo.

O embrião mede de 4 a 9 mm. O seu coração e coluna são visíveis, assim como os brotos que formarão os braços e as pernas.

Com 7 a 8 semanas de gestação, o embrião é capaz de realizar movimentos muito simples.

Nesta fase, o embrião terá cerca de 2,2 cm.

Com 8 a 9 semanas de gestação, o embrião mede aproximadamente 3 cm e pesacerca de 10g.

No final da 8ª semana de gestação, os dedos já estão formados e separados, podendo ser reconhecido o punho e o cotovelo do braço do bebé.

O Feto

Ao final da 10ª semana de gestação, o embrião já se encontra praticamente todo formado (coração, pulmões, rins, fígado e intestinos) e dá-se o início do período fetal.

A partir de 10 semanas de gestação, durante o período...
tracking img