Práticas de assistência domiciliar: uma análise da estratégia de saúde da família por meio da assistência social no município de catolé do rocha-pb

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 24 (5945 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 3 de maio de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
PRÁTICAS DE ASSISTÊNCIA DOMICILIAR: UMA ANÁLISE DA ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA POR MEIO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL NO MUNICÍPIO DE CATOLÉ DO ROCHA-PB
Danielle da Silva Alves*
RESUMO
O presente trabalho tem por objetivo primordial analisar as práticas de assistência domiciliar do Serviço Social na cidade de Catolé do Rocha - PB, trazendo elementos que enriqueçam a participação e atuação doprofissional de assistência social no Programa Saúde da Família do município. Através de uma pesquisa de caráter descritivo-exploratório, realizada com uma amostra da categoria, foram analisados pontos cruciais no exercício de suas atribuições, possibilitando a apreensão de que 83,33% dos profissionais enfrentam desafios no seu processo de inserção e atuação na equipe básica de saúde da família. Osdados expostos nos levam à percepção da importância deste tipo de atividade para a saúde familiar do município, bem como das principais debilidades do serviço de saúde pública no tocante à realização de grande parte das suas ações. Como principal resultado, aponta-se a urgente necessidade doaperfeiçoamento dos meios e condições de trabalho da classe supramencionada, como forma de viabilizar aspráticas de assistência, e por consequente, melhorar os serviços do Programa de Saúde da Família.
Palavras-chave: Assistência Social, Programa Saúde da Família, Políticas Públicas.

ABSTRACT
The present work aims to analyze the practices of home care social work in the city of Catolé do Rocha - PB, bringing elements that increase the participation and performance of professional social work in theFamily Health Program of the municipality. Through a survey of descriptive and exploratory, performed with a sample of the class were analyzed crucial points in the exercise of its powers, allowing the seizure of 83,33% of the professionals who face challenges in the process of integration and performance in the core team family health. The data presented lead us to the perception of the importanceof this type of activity for family health in the city, as well as major weaknesses of the public health service in relation to the achievement of most of their actions. The main result, it points to the urgent need of improved facilities and working conditions of the above class as a way of bringing about assistance practices, and consequently, improve the services of the Family Health Program.Keywords: Social Assistance, Family Health Program, Public Politics.

1. INTRODUÇÃO
Nos anos 1980 o setor da saúde se destaca pelas propostas de mudança no cenário nacional. O marco histórico da discussão política foi a VIII Conferência Nacional de Saúde, em 1986, onde a questão da saúde ultrapassou a análise setorial, contemplando as devidas articulações com as demais questões que interferem naproblemática da saúde. O relatório aprovado na referida conferência expressou as propostas do Movimento de Reforma Sanitária Brasileira, reivindicando a democratização da saúde e apontando novas determinações para as condições de vida da população através da implantação de políticas públicas que viabilizassem a efetividades destas mesmas condições. As proposições de tal movimento são incorporadasà Constituição Federal de 1988, passando a saúde a ser concebida como direito de todos e dever do Estado.
Estas mesmas políticas são aplicadas e desenvolvidas em várias áreas de atuação, como na saúde, habitação, educação, previdência social ou em outros programas que vão surgindo no decorrer da contemporaneidade, por meio dos quais se buscam desenvolver estratégias de ação para enfrentar asproblemáticas sociais de determinado público alvo. Podemos contextualizar o surgimento do Programa de Saúde da Família nas colocações de Bortoluzzi e Piaia (2011):
“Dentro das políticas públicas, surge a política de assistência a saúde, com a criação do Sistema Único de Saúde, 1990, posteriormente em 1991 por intervenção do Ministério da Saúde, implanta-se o Programa de Agentes Comunitários de...
tracking img