Prática de ensino

Aluno: Sandro Marcos da Costa Ramos
Respostas referentes à atividade 1 da etapa 3.


A educação básica poderá organizar-se em séries anuais, períodos semestrais, ciclos, alternânciaregular de períodos de estudos, grupos não-seriados, com base na idade, na competência e em outros critérios, ou por forma diversa de organização, sempre que o interesse do processo de aprendizagem assim orecomendar.

A obrigatoriedade dos estudos refere-se ao ensino fundamental. A União, em colaboração com os Estados, o Distrito Federal e os Municípios, estabelecerá padrão mínimo deoportunidades educacionais para o ensino fundamental baseado no cálculo do custo mínimo por aluno, capaz de assegurar ensino de qualidade.

A educação vai além dos limites físicos da escola e de suafunção na formação acadêmica do aluno; tem caráter fundamental na formação do cidadão e sua preparação para inserir-se na sociedade, além de capacitá-lo para o trabalho e obtenção de seu sustento e deseus dependentes.

O princípio da flexibilidade na organização da educação permite (viabilizando) a adaptação e/ou adequação das instituições de ensino à realidade das comunidades e dosindivíduos que nela residem. Devem obedecer os seguintes princípios:

I – participação dos profissionais da educação na elaboração do projeto pedagógico da
escola;
II – participação das comunidadesescolar e local em conselhos escolares ou
equivalentes.

O significado prático da elaboração das diretrizes e não de programas prontos e fechados reside justamente na possibilidade de adaptaçãoàs realidades de comunidades inteiras e de indivíduos que delas fizerem parte, visando um melhor aproveitamento e resultados. As diretrizes estão em uma proposta de métodos e não uma cartilha a seseguir rigidamente.

A descentralização de ações e a flexibilidade supõem responsabilidades compartilhadas, em todos os níveis da educação, entre a União, os Estados e Municípios e também a...
tracking img