Ppra

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3899 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]

PROGRAMA DE PREVENÇÃO DE RISCOS AMBIENTAIS
(Documento Base)

PLANO ANUAL
Março/2009 a Março/2010.

NOME DA EMPRESA – CNPJ

ÍNDICE

1. Identificação E CARACTERIZAÇÃO da empresa.

2. PPRA – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais – Conceitos básicos.

3. EXPLANAÇÕES GERAIS SOBRE O PPRA.

4. Reconhecimento dos Riscos Ambientais.

5. Cronograma de Ações doPPRA.
5.1 – Cronograma de Ações - Planejamento de Atividades;
5.2 – Cumprimento das ações do PPRA.

6. Orientações Gerais.
5.1 – Campanhas educativas;
5.2 – Treinamentos;
5.3 – Palestras Educativas;
5.4 – Controle e Avaliação dos resultados;
5.5 – Mapa de Risco;
5.6 – Ordem de Serviço
5.7 – Em caso de acidente;
5.8 – Equipamento de ProteçãoIndividual;
5.9 – Estojo de Primeiros socorros;
5.10 – Risco Ambiental.

7. Orientações específicas – Segurança no Trabalho.
7.1 – Dimensionamento do SESMT;
7.2 – Dimensionamento da CIPA.~

8. Informações adicionais

9.Mensagem final.

10.Bibliografia.

11. Anexos.

[pic]

IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESA

Empresa:
Grupo de Risco:
Grau de Risco:
CNAE:Atividade principal:
Total de Funcionários:

ESTABELECIMENTO

Endereço:
Bairro:
Município:
CEP:
Fone:

RESPONSÁVEL PELA ELABORAÇÃO DO PPRA

Elaborado em:
Responsável pela Elaboração:
Registro no MTb:
Qualificação profissional:

RESPONSÁVEL PELA EMPLANTAÇAO DO PPRA NA EMPRESA

Nome:
Cargo/Função:
Registro:

[pic]

CONCEITOS BÁSICOS

A Norma Regulamentadora – NR-9 estabelecea obrigatoriedade da elaboração e implementação do programa de prevenção de riscos ambientais que tem como objetivo à preservação da saúde e da integridade física dos trabalhadores, fornecendo parâmetros legais e técnicos, tendo em consideração a proteção do meio ambiente e dos recursos naturais, através da antecipação, reconhecimento, avaliação e conseqüentemente o controle da ocorrência dosRiscos Ocupacionais existentes ou que venham a existir no ambiente de trabalho.
O Programa não se resume apenas em atender as exigências da Legislação, como também visa apresentar sugestões e recomendações técnicas adequadas à sua realidade, tornando o ambiente laboral mais saudável, prevenindo os acidentes do trabalho e as doenças profissionais ocupacionais, evitando perdas, gerando bemestar e influindo positivamente na melhoria da qualidade e da produtividade.
Para tanto, deverá ser colocado em prática um Programa de Segurança e Saúde que obedecerá as Normas de Segurança, atendendo as Normas Regulamentadoras. Definindo atribuições, responsabilidades e autoridade ao pessoal que administra, desempenha e verifica atividades que influem na Segurança e que intervêm noprocesso produtivo; determinar as medidas de prevenção; definir as medidas de proteção a implementar em função do risco; fazer a previsão dos riscos que derivam do processo de execução dos serviços.

Para maiores esclarecimentos, discriminamos abaixo alguns itens da Norma Regulamentadora nº 9, aprovada pela Portaria 3.214 de 08/06/78.

9.2.1.1 Deverá ser efetuada, sempre que necessário epelo menos uma vez ao ano, uma análise global do PPRA para avaliação do seu desenvolvimento e realização dos ajustes necessários e estabelecimento de novas metas e prioridades.

9.2.2.1 O documento-base e suas alterações e complementações deverão ser apresentados e discutidos na CIPA, quando existente na empresa, de acordo com a NR-5, sendo sua cópia anexada ao livro de atas destaComissão.

9.2.2.2 O documento-base e suas alterações deverão estar disponíveis de modo a proporcionar o imediato acesso às autoridades competentes.

9.3.8.1 Deverá ser mantido pelo empregador ou instituição um registro de dados, estruturado de forma a constituir um histórico técnico e administrativo do desenvolvimento do PPRA.

9.3.8.2 Os dados deverão ser mantidos por um período mínimo de 20...
tracking img