Ppp psicologia ufpb

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 72 (17933 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]


UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA
CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES
DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA












PROJETO POLÍTICO-PEDAGÓGICO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA
Modalidades: Formação de Psicólogo e Licenciatura















JOÃO PESSOA, SETEMBRO DE 2007
CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIAIdentificação: Curso de Psicologia
Modalidades:
← Formação de Psicólogo
← Licenciatura em Psicologia
Turno: Manhã e Tarde
Regime Acadêmico: Créditos
Tempo para Integralização Curricular – Modalidade Formação de Psicólogo
• Mínimo: 10 (dez) períodos letivos;
• Máximo: 15 (quinze) períodos letivos.
Limite de Créditos por Período Letivo – Modalidade Formação de Psicólogo
• Mínimo:24 (vinte e quatro) créditos;
• Máximo: 32 (trinta e dois) créditos.
Tempo para Integralização Curricular – Modalidade Licenciatura em Psicologia
• Mínimo: 8 (oito) períodos letivos;
• Máximo: 12 (doze) períodos letivos.
Limite de Créditos por Período Letivo – Modalidade Licenciatura em Psicologia
• Mínimo: 15 (quinze) créditos;
• Máximo: 30 (trinta) créditos.
CargaHorária Total
• Formação de Psicólogo: 4.260 horas/aula ou 284 créditos
• Licenciatura em Psicologia: 3.015 horas/aula ou 201 créditos.
Base Legal:
• LDB 9394/96;
• Resoluções nº. 04/2004, 08/2004 e 34/2004 do CONSEPE
• Pareceres CNE/CES 1314/2001, 72/2002 e 62/2004




PROJETO POLÍTICO-PEDAGÓGICO DO CURSO DE PSICOLOGIA


Modalidades: Formação de Psicólogoe Licenciatura


1. APRESENTAÇÃO

No Brasil, o curso de Graduação em Psicologia é regulamentado pela Lei 4.119 de 27 de agosto de 1962 e pela Resolução s/n de 19 de dezembro de 1962, do Conselho Federal de Educação (hoje Conselho Nacional de Educação/CNE).
Na UFPB, o curso de Psicologia foi criado em 1974 na modalidade de Licenciatura em Psicologia e, ainda no mesmo ano,incorporou a modalidade Formação de Psicólogo, através das Resoluções nº. 07/74 e 07-A/74 do Conselho Universitário (CONSUNI). Em 1978, a Resolução 22/78 do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CONSEPE) unificou as estruturas curriculares para as duas modalidades. O seu reconhecimento ocorreu quatro anos depois, mediante o Decreto 83.103/79. Atualmente é regulamentado pelas Resoluções 22/78 e 01/85do Consepe e pelas portarias 14/83, 001/85, 15/94 e 16/94 da Pró-reitoria de Graduação (PRG).


2. HISTÓRICO DO CURSO


O Curso de graduação em Psicologia da UFPB foi fundado em 1974. Seus primeiros professores pertenciam ao Departamento de Psicologia da antiga Faculdade de Filosofia da Paraíba, responsável pela oferta de disciplinas da área de Psicologia à outros cursos da Universidadee ao Centro de Orientação Profissional - CENOP, da Faculdade de Educação.
A sociedade brasileira passava, então, por grandes transformações, entre elas a ascensão da classe média, que via na educação superior seu passaporte para o sucesso. Na mídia, inclusive, a educação era apresentada como o melhor investimento que uma sociedade poderia fazer. Por outro lado, no plano político, o Brasilvivia um período de exceção, com uma reduzida participação da sociedade civil nos destinos do país. Foi nesse contexto que surgiu o Curso de Psicologia da UFPB. Os embates ideológicos que se desenrolaram ao longo desses anos refletiram, desse modo, o posicionamento dos professores em relação aos acontecimentos políticos da época.
A predominância inicial da formação no curso de psicologiaera a do modelo clínico. No entanto, é preciso ressaltar que, se o modelo clínico pautava a formação dos psicólogos na UFPB, um outro modelo se contrapunha a este: o da carreira acadêmica. O falso antagonismo entre clínica e pesquisa parecia espelhar as divergências entre concepções de Psicologia presentes no início do Curso. Além dessas concepções em busca de hegemonia, havia ainda duas...
tracking img