Poty lazzarotto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (804 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Napoleon Potyguara Lazzarotto nasceu em Curitiba a 29 de março de 1924 e faleceu em 07 de maio de 1998 na mesma cidade. Filho de italianos começou a se interessar por desenho ainda bem criança.  foium importante pintor, ilustrador e muralista curitibano.
Desde os seis anos já pintava e com 14 anos produzia história em quadrinhos para o impresso curitibano 'Diário da Tarde'. Quando completou 22anos, fazia o desenho da capa do jornal ‘Joaquim’, editado pelo escritor Dalton Trevisan. Foi para Paris e ainda ilustrava algumas matérias de ‘Joaquim’. Voltou dois anos depois e trabalhou noperiódico gaúcho ‘Manhã’, de Samuel Wainer.
Cursou a Escola Nacional de Belas Artes, no Rio de Janeiro, e com bolsa de estudos do governo francês, estudou litografia na École Supérieure des Beaux-Arts, emParis. O trabalho gráfico de Poty é muito reconhecido, tendo ilustrado importantes obras literárias: Jorge Amado, Graciliano Ramos, Euclides da Cunha, Machado de Assis, Guimarães Rosa, Mário Palmério,Alcântara Machado, Dinah Silveira de Queiroz, Raquel de Queiroz, José de Alencar, Dalton Trevisan e outros escritores.
Conhecido em vários cantos do mundo, realizou exposições individuais em SãoPaulo, Rio de Janeiro, Recife, Salvador, Bruxelas, Londres e Washington.

http://www.jornalcomunicacao.ufpr.br/node/7426
http://www.cultura.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=292http://www.ceramicanorio.com/paineis/potylargodaordem/potylargodaordem.html

Napoleon Potyguara Lazzarotto, conhecido simplesmente como Poty (Curitiba, 29 de março de 1924 — Curitiba, 8 de maio de 1998)foi umdesenhista, gravurista, ceramista e muralista brasileiro.
Filho dos italianos Issac Lazzarotto e Julia Tortato Lazzarotto, começou a se interessar por desenho ainda bem criança. O seu paiera ferroviário e a sua mãe mantinha um restaurante na cidade, o "Vagão do Armistício", muito freqüentado por intelectuais paranaenses.
O pai de Poty perdeu um dos braços, devido a um acidente, e para...
tracking img