Positivismo de auguste comte e sua influência no brasil - serviço social

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1076 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de maio de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Sistema de Ensino Presencial Conectado
SERVIÇO SOCIAL

LUDIMILA BAIENSE REIS

POSITIVISMO DE AUGUSTE COMTE E SUA INFLUÊNCIA NO BRASIL

Itumbiara
2010

LUDIMILA BAIENSE REIS

POSITIVISMO DE AUGUSTE COMTE E SUA INFLUÊNCIA NO BRASIL

Trabalho apresentado à disciplina de Sociologia, 2º período de Serviço Social.

Prof. Sérgio de Goes Barboza

Itumbiara
2010

SUMÁRIO
1INTRODUÇÃO..........................................................................................................3

2 DESENVOLVIMENTO 4Erro! Indicador não definido.
2.1 A DIFICULDADE DA SOCIALIZAÇÃO POR CONTA DA MÍDIA TELEVISIVA......4
2.2. A UTILIZAÇÃO DA LINGUAGEM TELEVISIVA NOS PROGRAMAS DE TV DE FORMA CRÍTICA 6

3 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA 7

4CONCLUSÃO...........................................................................................................8

REFERÊNCIA..............................................................................................................9

INTRODUÇÃO
O referente trabalho trata do conceito de Positivismo, do positivismo de Auguste Comte e de sua influência no Brasil.
Importante para a reflexão das questões positivistas e levar areflexão sobre as linhas de pensamento.
Constata-se um anseio geral de paz, u m sentimento de fraternidade universal, uma busca de bem estar material e espiritual, mesmo através da desordem atual, que reclama uma orientação e uma doutrina esclarecedora para unir as pessoas, as famílias, as pátrias e a sociedade inteira por um único ideal de convergência. Entretanto esta doutrina já existe desde meadosdo século XIX, fundada na França por Augusto Comte, é um sistema de vida moralizador, um regime conveniente para todas as raças, todos os povos, todas as classes sociais, de convivência sem conflitos, sempre oriundos dos excessos egoístas e que desaparecem quando se subordina o egoísta ao altruísmo.
 

 
2. DESENVOLVIMENTO
2.1 Conceito.
O método geral do positivismo de Auguste Comteconsiste na observação dos fenômenos, opondo-se ao racionalismo e ao idealismo, através da promoção do primado da experiência sensível, única capaz de produzir a partir dos dados concretos (positivos) a verdadeira ciência, sem qualquer atributo teológico ou metafísico, subordinando a imaginação à observação, tomando como base apenas o mundo físico ou material. 
2.2 Características.
O positivismorepresenta uma reação contra o apriorismo, o formalismo, o idealismo, exigindo maior respeito para a experiência e os dados positivos. Entretanto, o positivismo fica no âmbito imanentista do idealismo e do pensamento moderno em geral, defendendo, mais ou menos, o absoluto do fenômeno. Daí a sua pobreza filosófica, mas também o seu maior valor como descrição e análise objetiva da experiência – atravésda história e da ciência – com respeito ao idealismo, que alterava a experiência, ciência e a história. O positivismo do século XIX pode semelhar ao empirismo, ao sensismo (e ao naturalismo) dos séculos XVII e XVIII, também pelo país clássico de sua floração (Inglaterra) e porquanto reduz, substancialmente, conhecimento humano ao conhecimento sensível, a metafísica à ciência, o espírito ànatureza, com as relativas conseqüências práticas. Diferencia-se, porém, desses sistemas por um elemento característico: o conceito de vir-a-ser, de evolução considerada como lei fundamental dos fenômenos empíricos, isto é, de todos os fatos humanos e naturais. Tal conceito representa um equivalente naturalista do historicismo romântico da primeira metade do século XIX, com esta diferença, entretanto, queo idealismo concebia o vir a ser como desenvolvimento racional, teológico, ao passo que o positivismo o concebe como evolução, por causas.
A sua doutrina, o Positivismo, é um culto de amor e reconhecimento pelos parentes, pela instituição social, pela pátria, pelo antepassado e pelos grandes homens: é uma filosofia real, útil, certa, precisa, orgânica, relativa e sobre tudo simpática; é...
tracking img