Portugal vs china

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1704 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ÍNDICE

I. Introdução
II. Análise DAFO - Portugal vs China
iv.i Pontos Fortes
iv.ii Pontos Fracos
iv.iii Oportunidades
iv.iv Ameaças
III. Conclusão - Medidas para aproveitar o turismo Chinês

INTRODUÇÃO

A indústria turística faz mover anualmente milhões de pessoas em todo o globo. Segundo os dados disponíveis da OMT e INE, as chegadas de turistas internacionais perfizeram940 milhões em todo o mundo em 2010, ou seja, mais 58 milhões relativamente ao ano anterior.
O ano de 2010, com um crescimento homólogo de 6,6%, o mais elevado registado desde 2005, inverteu a quebra das chegadas de turistas internacionais ocorrida em 2009. Em 2010, os resultados globais das chegadas de turistas a nível mundial revelaram um aumento em todas as regiões do globo, ainda que comdiferentes andamentos, com crescimentos entre 3,3% na Europa e 14% no Médio Oriente.

Também segundo o INE, a nível nacional, as primeiras estimativas da Conta Satélite do Turismo 2010 apontam para um crescimento homólogo da procura turística, medida pelo consumo do turismo no território económico, de 7,9% em termos nominais, aproximando-se dos 16 mil milhões de euros.
A oferta turística, medidapelo valor acrescentado gerado pelo turismo registou igualmente um acréscimo nominal de 6,4%, correspondendo a 6,3 mil milhões de euros. Neste ano, a balança turística portuguesa apresentou uma evolução positiva significativa, com as receitas do turismo a atingirem 7 611 milhões de euros e as despesas turísticas 2 953 milhões, ambas equivalendo a crescimentos homólogos de 10,2% e 8,9%,respectivamente. O saldo da balança turística foi de 4 658 milhões de euros, superior ao do ano anterior em 11,0%.
É, deste modo, verificável que a indústria turística em Portugal tem um enorme peso.

Em relação á recuperação económica internacional reflectida na actividade turística mundial, o INE refere ainda que houve um significativo crescimento na China em 2010, país este que subiu a sua posição emtodos os rankings dos principais indicadores do sector, atingindo o Top 3 em dois deles: chegada de turistas e receitas turísticas, alcançando assim o quarto lugar em termos de gastos turísticos, assumindo uma posição relevante em termos da actividade turística, quer como receptor, quer como emissor, sofrendo, por assim dizer, um boom turístico.

Segundo o Jornal Público em 2009 e a OMT, asreceitas geradas por turistas chineses subiram 72%, mas não ultrapassaram os 3,8 milhões de euros. Já os portugueses gastaram perto de 19,7 milhões de euros na China, o que significou um crescimento de 158% face a 2008.

Após breve introdução acerca do turismo chinês e português, torna-se necessário perceber como será possível captar os turistas oriundos da Ásia, detentores de um perfil muitodesejado por qualquer país, antes que se torne uma ameaça para Portugal.
Passa-se, deste modo, a efetuar uma análise DAFO a Portugal, referindo os seus pontos forte, pontos fracos, oportunidades e ameaças, concluindo com a sugestão de algumas medidas importante a ter em consideração, para que se retirem benefícios com o turismo chinês.

ANÁLISE DAFO

PORTUGAL vs CHINA

Pontos Fortes

Portugalcomo destino turístico apresenta como principais Pontos Fortes:
- ser um país de evidente vocação turística, tendo em conta toda a sua diversidade e complementaridade de recursos;
- ser um país reconhecido a nível internacional, devido ás suas “marcas” como Lisboa, Porto e Algarve;
- dispor de um número vasto de recurso e produtos que chega a todos os segmentos de mercado no que diz respeitoá procura turística (natureza, gastronómico, sol e praia, saúde e bem-estar, negócios, etc);
- ter ao alcance de todos e para todos os gostos uma variedade de oferta de alojamento por todas as regiões do país a um preço competitivo a nível europeu;
- possuir um significativo conjunto de campos de golfe de grande qualidade;
- ter a nível gastronómico uma diversidade de vinhos e queijos de...
tracking img