Portifolio individual unopar adm

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 26 (6355 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]






















































































SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 3

2 DESENVOLVIMENTO 4
2.1 REESTRUTURAÇÃO CAPITALISTA E A CRISE DOS ESTADOS NACIONAIS 4
2.2 POLÍTICAS BRASILEIRAS PARA DESENVOLVIMENTO LOCAL........................7
2.3 AÇÕES PARA O DESENVOLVIMENTO ECOMÔNICO LOCAL...........................8
2.4 BARREIRAS ENVOLVIDAS NA IMPLEMENTAÇÃODO PLANO DE DESENVOLVIMENTO................................................................................................12
2.5 POTENCIALIDAES ADVINDA DO PLANO DE DESENVOLVIMENTO ECONOMICO.............................................................................................................13
2.6 OPINIÕESDIVERGENTES..................................................................................15
2.6.1 OPINIÕES DIVERGENTES ONDE ESTÁ A VERDADE...................................16

3 CONCLUSÃO 17
REFERÊNCIAS 18

INTRODUÇÃO

Os homens se diferenciam dos animais através do trabalho. No início o trabalho servia para subsistência, mas com o passar do tempo, devido ao capitalismo e a sociedade do consumo, tornou-se o ponto fundamental das desigualdades sociais, porque existe aclasse trabalhadora explorada pelos patrões, a burguesia dominante escola pode mudar esta ideologia, desde que mostre aos alunos que não são obrigados a sempre seguir regras, costumes impostos pela sociedade, a cultura que vem dos mais velhos para os mais jovens, mas que podem ser críticos, reflexivos contribuindo para a transformação da sociedade, tornando-a mais justa e igualitária.
Neste trabalhoiremos analisar o desenvolvimento econômico da cidade Itabuna, situada na Bahia. Avaliando o que está sendo feito para o desenvolvimento da cidade em todos os seus setores. Este trabalho tem por objetivo aprofundar o conhecimento e aperfeiçoar o aprendizado em relação às disciplinas estudadas no 1° Semestre, foram feitos levantamentos sobre as medidas estratégicas tomadas para o desenvolvimentoeconômico local, nos fez relembrar de como começou a reestruturação capitalista, a crise dos estados no Brasil e como essa crise influenciou os tempos de hoje.























DESENVOLVIMENTO

2.1- REESTRUTURAÇÃO CAPITALISTA E A CRISE DOS ESTADOS NACIONAIS.

A reestruturação capitalista é uma transformação nos processos de democratização, responsabilidades econômicas e sociais, também podese entender por análise das relações concretas, socialmente construídas e territorialmente localizadas, ou seja, uma transição democrática com o final das ditaduras. A crise dos Estados nacionais se originou pela falta de conhecimento e de estudos locais e municipais, os estados por si só não tinham informações e detalhes de importância para a administração. A gestão de desenvolvimento era exercidade forma ampla, global, sem noção alguma de particularidades regionais ou de estratégias neste espaço.
A partir da década de 80 a classe trabalhadora sentiu um golpe significativo que redesenhou seu perfil. Uma gigantesca implantação de inovações tecnológicas possibilitou às fábricas uma diminuição considerável nos números de seus quadros de operários. Sofreram mais com tal mudança aquelesoperários, homens e mulheres, cuja pouca capacitação os habilitava apenas ao desempenho de trabalhos braçais, trabalhos este que doravante seria atribuído às máquinas. Além disso, nos anos 80 a indústria mundial retraiu-se não mais repetindo aquele crescimento que a caracterizara nas décadas anteriores. Somando-se estes fatores tivemos como conseqüência imediata o desemprego e frente a isso ainstabilidade profissional daqueles que apesar de tudo conseguiram manter seus postos de trabalho, postos estes que agora era almejado por um número cada vez maior de pretendentes.
Esta divisão da classe trabalhadora entre empregados e desempregados minou a histórica unidade que ela possuía, e mesmo no meio daqueles trabalhadores que conseguiram permanecer em seus postos surgiu uma classe privilegiada nos...
tracking img