Portifolio de geografia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1403 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Disciplina Portfólio N° 01

Geografia Bipolar a Nova Ordem

:: Portfólio
OBJETIVO O objetivo é fazer o aluno buscar o conhecimento extra-sala utilizando as ferramentas como a Internet e livros didáticos para-didáticos como fonte de pesquisa.

ORIENTAÇÃO

Os assuntos referentes ao portfólio são para pesquisa extra-sala.

DESCRIÇÃO BASEADO NO LIVRO TEXTO

Transcrever os dados do livrotexto de forma relevante para o desenvolvimento das atividades do portfólio. Citação da bibliografia, conforme as normas ABNT AUTOR, Obra, Edição, Local, Editora, Ano

ATIVIDADE PROPOSTA

1. (Enem) Em dezembro de 1998, um dos assuntos mais veiculados nos jornais era o que tratava da moeda única européia. Leia a notícia destacada abaixo. "0 nascimento do Euro, a moeda única a ser adotada poronze países europeus a partir de 1° de janeiro, é possivelmente a mais importante realização deste continente nos últimos dez anos que assistiu à derrubada do Muro de Berlim, à reunificação das Alemanhas, à libertação dos países da Cortina de Ferro e ao fim da União Soviética. Enquanto todos esses eventos têm a ver com a desmontagem de estruturas do passado, o Euro é uma ousada aposta no futuro euma prova da vitalidade da sociedade européia. A "Euroland", região abrangida por Alemanha, Áustria, Bélgica, Espanha, Finlândia, França, Holanda, Irlanda, Itália, Luxemburgo e Portugal, tem um PIB (Produto Interno Bruto) equivalente a quase 80% do americano, 289 milhões de consumidores e responde por cerca de 20% do comércio internacional. Com este cacife, o Euro vai disputar com o dólar a condiçãode moeda hegemônica."

A matéria refere-se à "desmontagem das estruturas do passado", que pode ser entendida como: a. O fim da Guerra Fria, período de inquietação mundial que dividiu o mundo em dois blocos ideológicos opostos; b. A inserção de alguns países do Leste Europeu em organismos supranacionais, com o intuito de exercer o controle ideológico do mundo;

c. A crise do Capitalismo, doLiberalismo e da democracia levando à polarização ideológica da antiga URSS; d. A confrontação dos modelos socialista e capitalista para deter o processo de unificação das duas Alemanhas; e. a prosperidade das economias capitalistas e socialistas, com o conseqüente fim da Guerra Fria entre EUA e URSS.

2. O modelo stalinista – implacável desde o início, como regime que ignorou totalmente ademocracia, os direitos humanos e as necessidades do povo - está morto e enterrado. (...) Tenho certeza de que sua morte não afeta o Socialismo em si. A idéia do Socialismo sobrevive, e, a meu ver, a busca (...) continua. E, nesse novo contexto, os princípios democráticos e humanitários deveriam ter lugar de honra." (Mikhail Gorbatchev, 1992. Citado por Leonel Mello e Luís Costa. História Moderna eContemporânea. Ed. Scipione.)

O texto permite concluir: a. A desagregação da URSS teve como conseqüência o fim do Socialismo; b. O novo Stalinismo deverá comportar a defesa da democracia e dos direitos humanos; c. A luta pelo Socialismo não deve temer a democracia e os direitos humanos; d. A URSS foi a grande perdedora da Guerra Fria; e. O Capitalismo, a partir da ação dos Estados Unidos ao longoda Guerra Fria, foi intransigente na defesa dos princípios democráticos e humanitários.

3. (UERJ) 0 dia 12 de setembro de 1990 marcou o fim da Segunda Guerra Mundial: a Alemanha, vencida, há quarenta e cinco anos, dividida e colocada sob a tutela de seus vencedores, encontrou através de sua unificação a é sua soberania plena e completa. A última unidade alemã tinha sido proclamada em 1871, nagaleria dos espelhos do Palácio de Versalhes, depois de uma guerra vitoriosa contra a França. (Adaptado de Le Monde, ó 13.09.90)

As conjunturas históricas apresentadas no texto acima apresentam aspectos diferenciados.

Os dois momentos de unificação, no entanto, transformaram a Alemanha em: a. Um Estado unitário, com uma representação classista de deputados; b. Uma potência central, com um...
tracking img