Portifolio de filosofia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1417 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]




















































































SUMÁRIO



1 INTRODUÇÃO 3
2 DESENVOLVIMENTO 4
2.1
3 CONSIDERAÇÕES FINAIS 7
4 REFERÊNCIAS ...................................................................................................8






1INTRODUÇÃO.




O trabalho a seguir vem esclarecer a importância da inclusão Digital na sociedade de modo a mostrar que para ser um incluído digital o indivíduo necessita não apenas ter um computador, mas saber usufruir dele para conseguir melhorar suas condições de vida.
Vimos que além de equipar salas deve-se ter uma política de inserção para capacitar pessoas nãoapenas para que saibam usar e manejar a informação, mas que sejam cidadãos que consigam produzir e propagar esse conhecimento a outras culturas.
Usaremos como recursos exemplos do cotidiano e informações que comprovam essas deficiências da Inclusão Digital no Brasil.



2 Desenvolvimento





2.1 Inclusão digital o que écomo se faz e aonde esta sendo feita em nossa comunidade.


Chamamos de Inclusão Digital ou infoinclusão o processo de inserção de um indivíduo leigo às tecnologias de informação, ou simplificando é melhorar as condições de vida de uma região ou comunidade com a ajuda da tecnologia.
Incluir digitalmente uma pessoa é fazer com que ela fique apta a interpretar símbolostecnológicos, como pegar o metrô, fazer uma pesquisa via internet, utilizar cartões eletrônicos e até mesmo trocar o canal da sua TV com o controle remoto.
Define-se então como incluído digital aquele que se utiliza desse suporte para melhorar as suas condições de vida.
O conceito de analfabeto digital aplica-se a todos que ainda não tiveram nenhum tipo de contato comas tecnologias de informação, que por uma razão social no Brasil são os das camadas mais pobres. Por outro lado, podemos considerar analfabeto funcional também aquele indivíduo que simplesmente manuseia um computador sem ter em mente que pode usufruir de tal aparelho para melhorar sua vida.
Um dos objetivos da inclusão digital é equipar e preparar o cidadão com instrumentos que lhepermitam inserção e concorrência em um mercado de trabalho cada vez mais exigente e, também lhe abrir a janela para o mundo espetacular do conhecimento, cujo veículo é a internet.

Desta forma, a inclusão digital também nos remete a promover uma revolução social, que consiste como já demonstramos preparar o individuo a buscar o conhecimento necessário, para que possamos obter umasociedade mais justa. Além de a população ter garantido o direito de acesso a esses meios e equipamentos, tanto no âmbito técnico e físico, temos o direito ao conhecimento intelectual. E é ai que encontramos o maior problema da inclusão digital no Brasil, pois, geralmente nos postos que se tem o acesso gratuito como os Telecentros, na maior parte das vezes os instrutores são jovens da próprialocalidade que não tem o mínimo de capacitação necessária para instruir o indivíduo que esta procurando ali às informações que lhes possibilitarão à inclusão “completa” sobre as tecnologias de informação.

Então quando falarmos de inclusão digital, não devemos esquecer que ela esta intimamente ligada à igualdade de oportunidades, que abrange educação, formação, participação e criaçãode projetos que viabilizem a inclusão digital das comunidades mais carentes. E isso deve ocorrer para que acabe com as diferenças regionais. Assim o conceito de cidadania estará sendo exercido da maneira correta.

Quanto a projetos de inclusão digital inseridos no município de Butiá, Rio Grande do Sul, podemos listar os seguintes projetos:

Construindo a Cidadania,...
tracking img