Portifolio antropologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1141 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Portifolio de Antropologia
1º semestre 2010
categoria: Antropologia

Titulo: Relativismo Cultural

1 INTRODUÇÃO
O mundo assiste, desde o início da época moderna, a um fluxo cada vez mais intenso de populações que se deslocam de todas as partes do mundo para todas as partes do mundo. Desde então, deu-se um contato crescente entre as mais diversas culturas.

No momento que o sistemainternacional deixa de ser apenas um diálogo entre Estados e uma série de documentos são elaborados com a finalidade de afirmar direitos referentes à pessoa humana com validade universal que a problemática sobre o alcance das normas de direitos humanos aflora. Como compatibilizar a proposta de universalidade dos direitos humanos com o pluralismo cultural? Seriam estas normas verdadeiramente universaisou apenas revelariam o esforço imperialista do ocidente de tentar universalizar suas próprias crenças? Num mundo tão plural, como estabelecer padrões universais? Tais questionamentos têm feito parte dos principais debates sobre os direitos humanos na atualidade.SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 34


2 DESENVOLVIMENTO 5


3 CONCLUSÃO 77




4 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 88

























INTRODUÇÃO

O mundo assiste, desde o início da época moderna, a um fluxo cada vez mais intenso de populações que se deslocam de todas as partes do mundo para todas as partes do mundo. Desdeentão, deu-se um contato crescente entre as mais diversas culturas.


No momento que o sistema internacional deixa de ser apenas um diálogo entre Estados e uma série de documentos são elaborados com a finalidade de afirmar direitos referentes à pessoa humana com validade universal que a problemática sobre o alcance das normas de direitos humanos aflora. Como compatibilizar a proposta deuniversalidade dos direitos humanos com o pluralismo cultural? Seriam estas normas verdadeiramente universais ou apenas revelariam o esforço imperialista do ocidente de tentar universalizar suas próprias crenças? Num mundo tão plural, como estabelecer padrões universais? Tais questionamentos têm feito parte dos principais debates sobre os direitos humanos na atualidade.2 DESENVOLVIMENTO


O fato de o homem através de sua cultura tem como conseqüência a pretensão em considerar o seu modo de vida como o mais correto e o mais natural.


Tal tendência, é responsável em seus casos extremos pela ocorrência de numerosos conflitos sociais. É comum a crença de que a própria sociedade é o centro da humanidade ou mesmo a sua únicaexpressão. O ponto fundamental de referência não é a humanidade, mas o grupo. O costume de discriminar os que são diferentes porque pertencem a outro grupo pode ser encontrado mesmo dentro de uma sociedade. Comportamentos etnocêntricos resultam também em apreciações negativas dos padrões culturais de povos diferentes. Práticas de outros sistemas culturais são catalogadas como absurdos deprimentes e imorais.Podemos entender o fato de que os indivíduos de culturas diferentes podem ser facilmente identificados por uma série de características tais como o modo de agir, vestirem, caminharem, comer, falar, sendo o último uns dos mais evidentes na imediata observação empírica.


A nossa herança cultural desenvolvida traveses de inúmeras gerações sempre nos condicionam a reagir deprecativamenteem relação ao comportamento daqueles que agem fora dos padrões aceita pela maioria da comunidade. Por isso discriminamos o comportamento desviante. O relativismo cultural sugere conformar e não confrontar as diferenças culturais, tanto em nossa sociedade quanto em outra cultura particular. Este conceito pode ser considerado precipitado, se levarmos em conta o fato de tudo poder ser aceito,...
tracking img