Portfólio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1080 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução
O presente portfólio tem por objetivo principal relatar o processo de aprendizagem acerca da disciplina de Planejamento e Avaliação do Ensino e Aprendizagem, ministrada no segundo semestre de 2011, pela professora conteúdista Esp. Denilva Souza Dias. O guia de Planejamento e Avaliação do Ensino e Aprendizagem foi escrito e organizado pelas professoras Esp. Andréa AparecidaLemos e MS. Polyana Aparecida Roberta da Silva foi dividida em três unidades. Ao final de cada uma delas, há exercícios pertinentes à temática abordada, textos complementares, bem como caixas de diálogo que fomentam o pensamento e a escrita na elaboração do conhecimento sobre a importância do planejamento e avaliação no contexto escolar.

Planejamento e Avaliação do Ensino e Aprendizagem: umadeterminação ideológica.
Durante muito tempo, a avaliação foi usada como instrumento para classificar e rotular os alunos entre os bons, os que dão trabalho e os que não têm jeito. A prova bimestral, por exemplo, servia como uma ameaça à turma. Felizmente, esse modelo ficou ultrapassado e, atualmente, a avaliação é vista como uma das mais importantes ferramentas à disposição dos professorespara conseguir o principal objetivo da escola: fazer todos os estudantes avançarem. Ou seja, o importante hoje é encontrar caminhos para medir a qualidade do aprendizado da garotada e oferecer alternativas para uma evolução mais segura. 
Mas como não sofrer com esse aspecto tão importante do dia-a-dia? Antes de tudo, é preciso ter em mente que não há certo ou errado, porém elementos quemelhor se adaptam a cada situação didática. Observar, aplicar provas, solicitar redações e anotar o desempenho dos alunos durante um seminário são apenas alguns dos jeitos de avaliar. E todos podem ser usados em sala de aula, conforme a intenção do trabalho. Os especialistas, aliás, dizem que o ideal é mesclá-los, adaptando-os não apenas aos objetivos do educador, mas também às necessidades (e àrealidade) de cada turma. 
"A avaliação deve ser encarada como reorientação para uma aprendizagem melhor e para a melhoria do sistema de ensino". Daí a importância de pensar e planejar muito antes de propor um debate ou um trabalho em grupo. É por isso que, no limite, você pode adotar, por sua conta, modelos próprios de avaliar os estudantes.
Como explica Lima,Felizmente, existem educadores que conseguem colocar em prática suas propostas, às vezes até transgredindo uma sistemática tradicional. Em qualquer processo de avaliação da aprendizagem, há um foco no individual e no coletivo. Mas é preciso levar em consideração que os dois protagonistas são o professor e o aluno - o primeiro tem de identificar exatamente o que quer e o segundo, se colocar comoparceiro. (LIMA,2007)
É por isso, que a negociação adquire importância ainda maior. Em outras palavras, discutir os critérios de avaliação de forma coletiva sempre ajuda a obter resultados melhores para todos. Cabe ao professor listar os conteúdos realmente importantes, informá-los aos alunos e evitar mudanças sem necessidade. 
Uma boa avaliação envolve trêspassos: Saber o nível atual de desempenho do aluno (etapa também conhecida como diagnóstico); Comparar essa informação com aquilo que é necessário ensinar no processo educativo (qualificação); Tomar as decisões que possibilitem atingir os resultados esperados (planejar atividades, seqüências didáticas ou projetos de ensino, com os respectivos instrumentos avaliativos para cada etapa). LUCKESI, 2005.Um bom planejamento de incluir passos importantes para ser bem aproveitado no ano escolar, deve-se ter o foco na aprendizagem de todos, operacionalizando os conteúdos fundamentais para a escola, ser o produto de uma discussão que envolva toda a comunidade escolar, ter o desempenho constantemente monitorado, com abertura para redirecionamentos. Conter princípios pedagógicos que correspondam...
tracking img