Porque

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 22 (5499 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Por que (não) ensinar gramática na escola
Sírio Possenti
(por Marcos Paulo Cruz)

Introdução

O sistema educacional brasileiro apresenta sérias falhas que impossibilitam aos alunos atenderem, satisfatoriamente, às necessidades exigidas pelo mundo globalizado do qual a principal característica é a robotização da capacidade intelectual humana. Criou-se, pois, um padrão selvagem deconcorrência – compete melhor quem tem como principal ferramenta a posse do conhecimento.

Indubitavelmente, a primeira consiste no modo como a língua portuguesa é ensinada nas escolas. Crivo da compreensão de qualquer atividade intelectual, a língua tem a função de decodificar o mundo que se apresenta aos indivíduos. Ensiná-la, pois, deficitariamente, é privá-los do meio de que necessitam para alcançaro desenvolvimento.

Este texto se propõe a (re)conceituar gramática e língua a partir da análise critica de como ambas são abordadas pela escola, do papel que os atores do processo ensino-aprendizagem têm assumido em relação à aquisição e ao desenvolvimento das habilidades linguísticas e dos aspectos sociais que refletem. Concluída esta fase, será apresentado um conjunto de princípiosmetodológicos cuja função é denunciar a ineficiência do ensino da língua portuguesa em nosso país, propondo mudanças pela adoção de novos paradigmas. Por fim, um possível direcionamento aplicativo, baseado nas argumentações defendidas, perora este trabalho, no intuito de resgatar a função primordial da escola – oferecer aos alunos os meios de acesso a um tipo de liberdade que só se conquista pelaeducação.

Parte 1 – Aspectos do ensino da língua portuguesa no Brasil

A dura realidade

É fato comprovado o baixo nível do domínio da língua portuguesa pelos brasileiros. Mesmo após anos e anos de estudo diário nas escolas, são poucos os que utilizam – ou acreditam utilizar – corretamente a língua padrão. Erros os mais inacreditáveis possíveis são cometidos em textos e discursos não só por alunosde primeiro e segundo graus, mas, principalmente, por estudantes universitários e profissionais já graduados, o que comprova a existência de um processo enraizado e que tende a se perpetuar caso não seja adotada uma solução efetiva.

Surgem, pois, questionamentos: por que a maioria dos brasileiros não fala nem escreve corretamente a língua materna? A quem é atribuída esta deficiência – àescola, à família, ao próprio aluno, ou seja, como detectar a gênese do problema de modo a repensar o papel destes atores no processo? Uma vez detectadas as causas, que propostas adotar para mudar esta realidade? Os atores estão preparados para romper com a estrutura tradicionalmente ineficaz e migrar para um plano de mudanças? Assim será analisada e questionada a realidade do ensino da línguaportuguesa no Brasil.

Todos os argumentos do texto fundamentam-se numa análise profissional crítica do que há muito se percebe, em se tratando do ensino da língua portuguesa no Brasil. Conclui-se, portanto, que:

• Ensinar gramática é algo totalmente distinto de ensinar língua;

• Aprender uma língua constitui-se num processo relativamente complexo, mas, ao mesmo tempo, natural. A escolainverte este processo pela adoção de uma metodologia arcaica e estéril;

• A família transfere para a escola a responsabilidade que tem na educação dos filhos;

• O aluno não aprende pelo fato de o método não lhe oferecer condições suficientes para tal;

• Para que o ensino (e, consequentemente, a aprendizagem) da língua portuguesa mude, não basta “remendar” alguns aspectos senãopromover uma verdadeira “revolução”, rompendo com estrutura atual pela adoção de uma nova concepção de ensino.

Gramática e Língua, universos que se complementam

Propor uma mudança no ensino da língua portuguesa requer, sobretudo, uma reflexão do que vem a ser, de fato, gramática e língua, quais relações ambas estabelecem entre si e por que a escola propõe uma relação de subordinação...
tracking img