Porque os projetos fracassam

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1412 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de março de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Por que tantos projetos fracassam? Os sete pecados...

Por Paul Campbell Dinsmore

Se a frase “parabéns! O projeto de Tecnologia da Informação foi realizado dentro do prazo e orçamento previsto e atende às expectativas dos clientes e usuário!” foi dita alguma vez sobre um projeto de informática, certamenteconstituiu uma ocasião rara na história da TI. Projetos de TI historicamente são caracterizados por atrasos horripilantes aparentes descaso para com o orçamento, e resultados aquém das expectativas dos clientes e usuários finais. O acúmulo destas falhas acaba provocando por sua vez, retrabalho, solução quebra-galho e consertos, denominados no ramo de “bacalhau”.
Por que então tantos projetosde informática fracassam? Será que a área de TI é tão peculiar que é impossível realizar seus projetos dentro dos parâmetros clássicos de custo, prazo e qualidade? Ou será que os profissionais da área carecem de capacitação nos conceitos básicos de project management? Ou ainda, a causa dos fracassos será a falta de infra-estrutura e “cultura de projetos” nas empresas? Vamos examinar.

TI ÉDIFERENTE?

De fato, projetos de informática são diferentes. É inegável, no entanto, que tanto os projetos de desenvolvimento de software puro, quanto os de adaptação de pacotes de software adquirido comercialmente, representam desafios peculiares. Eis algumas das características inerentes a projetos de informática:o estado final dos projetos não é claramente definido; as fases dos projetosse sobrepõem e também são espiraladas; há pouca informação histórica para auxiliar nas estimativas; a mesma pessoa comumente executa papéis distintos: analisa, realiza o projeto, programa e faz os testes; os pontos de não retorno (cancelamento) não são claros; e há tendência do profissional de TI querer “engordar” o projeto.
Por outro lado, há grandes similaridades entre projetos de TI e osde outras naturezas. Por exemplo, a maioria dos projetos tem esses aspectos em comum: necessidade de satisfazer o cliente/usuário; exigência quanto à qualidade; necessidade de comprometimento dos stakeholders; pressão temporal; limitações orçamentárias; desafios de comunicação; e desafios de trabalho em equipe.
Portanto, a maior parte dos desafios de gerenciamento é igual aos outrosprojetos, no entanto, as peculiaridades inerentes a TI merecem um tratamento especial. A lista de “pecados clássicos” a seguir espelha o tipo de desafios enfrentados na TI em função da somatória das dificuldades clássicas com as peculiares à área .
Há falhas no gerenciamento de projetos de TI. Alguns têm impactos fortes e merecem o rótulo pecado. Estes pecados variam em natureza, mas em boaparte, tem sua origem no inicio dos projetos.
Pecado 1 : Não começar o projeto pelo inicio – Iniciar bem um projeto de TI significa definir com clareza os requerimentos do negócio, entender o cenário em torno do projeto e verificar o alinhamento do projeto com as estratégias da empresa. Parte destas ações extrapola a responsabilidade da área de TI, no entanto, em função do forte impacto destesitens no projeto em si, merecem ser monitorados e alinhados através de interface com as outras áreas envolvidas. O bom início também exige a existência de metodologia ou processo para bem gerenciar as etapas do projeto, particularmente no que diz respeito aos requisitos do sistema a ser desenvolvido e o escopo do trabalho a ser realizado para construir o sistema ou aplicativo.
Pecado 2 :Definição ambígua dos requisitos do sistema e do escopo do trabalho (EAP) – Os requisitos do sistema são as características e funções a serem incluídas no sistema. Estes por sua vez partem dos “requerimentos do negócio”. A clara definição dos requisitos do sistema aumenta substancialmente as chances para se obter êxito no projeto.
O escopo do trabalho, por outro lado, engloba todas as...
tracking img