Por que acredito na bíblia história de um cientista nuclear

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2195 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Por que acredito
na Bíblia
História de um cientista nuclear

NARRADA POR ALTON WILLIAMS

EM 1978 aconteceram duas coisas importantes na minha vida: em setembro recebi o grau de físico nuclear e em dezembro fui ordenado ministro das Testemunhas de Jeová.

Quando as pessoas ficam sabendo que sou cientista e Testemunha de Jeová, elas geralmente querem saber como consigo conciliar oconhecimento científico com a crença na Bíblia. Admito que por anos eu também ficava pensando se essas duas coisas eram compatíveis. Mas por fim eu me convenci plenamente de que a Bíblia está em harmonia com os fatos científicos. Como foi que cheguei a essa conclusão? Bem, inicialmente gostaria de contar-lhes como me tornei cientista.
Projeto de 19 anos

Nasci em 1953 em Jackson, Mississippi, EUA. Minhafamília era pobre e eu era o terceiro dos 11 filhos. Estávamos sempre mudando de casa porque meus pais não conseguiam pagar o aluguel. Recebíamos cesta básica de um programa de auxílio alimentar do governo e nos vestíamos com roupas de segunda mão, que minha mãe ganhava das pessoas para quem ela fazia faxina.

Meus pais sempre nos diziam que uma boa instrução era a única maneira de sairmos dapobreza. Isso fez com que logo na infância eu tomasse a decisão de fazer curso superior. Entrei na escola aos seis anos e continuei os estudos sem interrupção por 19 anos. Como gostava de ciências e matemática, entrei para a universidade para me tornar cientista.

Na universidade, conheci uma jovem chamada Del. Por indicação de um professor de ciências, ela veio me pedir ajuda num curso deciências que estava fazendo. Mas logo as nossas conversas não eram só sobre assuntos científicos e acabamos nos apaixonando. Nós nos casamos em 10 de janeiro de 1974, durante um intervalo de duas horas entre as aulas! Quatro anos depois, em 1978, finalmente recebi meu doutorado.

Aquilo para mim era uma porta aberta para alcançar o sucesso. Não só era cientista, mas um físico nuclear! Com esse diplomana mão, podia começar a ter o retorno dos meus longos anos de estudo. Estava ansioso por fazer um nome no meio científico. Além disso, agora podia escolher um emprego entre as muitas ofertas lucrativas de empresas privadas e estatais.

Contudo, alguns meses depois, em 30 de dezembro de 1978, dei um passo que teve mais influência na minha vida e no meu futuro do que o diploma. Nessa datasimbolizei minha dedicação a Jeová Deus pelo batismo em água e assim me tornei Testemunha de Jeová. O que me levou a dar esse passo?
Um livro que despertou interesse

Em fins de 1977, quando estudava na Universidade de Massachusetts, em Amherst, duas Testemunhas de Jeová bateram em nosso apartamento. Eu tinha saído, mas minha esposa, que estava em casa cuidando de nossos dois filhos, um menino de trêsanos e um recém-nascido, convidou-as a entrar. Após uma conversa agradável, ela concordou em fazer um curso bíblico semanal com elas.

Achava que a fé em Deus se baseava mais na emoção do que na razão

Quando a minha esposa me contou do curso, fui logo colocando objeções. Não me importava que ela seguisse uma religião, mas não as Testemunhas de Jeová! Na verdade, não sabia muito sobre asTestemunhas de Jeová, mas tinha uma idéia preconcebida de que eram uma religião estranha que usava a Bíblia para enganar as pessoas. Assim, para livrar a minha esposa das “garras” das Testemunhas de Jeová, decidi que usaria meu conhecimento científico para desacreditar seus ensinos.

Certo dia, tirei um tempo das minhas pesquisas na universidade e fui para casa com a intenção de assistir ao estudobíblico da minha esposa. Mas cheguei mais tarde do que o planejado e a mulher que estava dando o curso bíblico já estava de saída. Ela me deu o livro Veio o Homem a Existir por Evolução ou por Criação?* e disse à minha esposa que no estudo da semana seguinte considerariam uma profecia bíblica que mostra que 1914 foi um ano significativo. Era tudo o que eu queria. Eu disse à visitante que...
tracking img