Pontos importantes do livro sobre a morte e o morrer de elizabeth kübler-ross

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 35 (8686 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Sobre a Morte e o Morrer – Pontos importantes
De Elizabeth Kübler-Ross
Por Edvaldo de Oliveira Leme

Introdução
O livro “Sobre a morte e o morrer” apresenta os resultados obtidos pela equipe de Elizabeth Kübler-Ross através de entrevistas realizadas com 200 pacientes em um ambiente hospitalar, mostrando relatos de experiências reais de diversas pessoas e situações em que os indivíduos poralgum motivo se deparam com a possibilidade de morrer. Tenha sido esta possibilidade real ou não, aborda todos os ângulos e diferentes pontos de vista dessas situações. Além destes relatos o livro apresenta comentários e lições interessantes aos profissionais de saúde, mais precisamente de como lidar com as diversas situações do processo da morte e o morrer, e é abrangente dos conceitos dospróprios profissionais acerca do assunto.
Para a elaboração deste trabalho, o autor, Edvaldo de Oliveira Leme leu o livro intitulado “Sobre a Morte e o Morrer” de Elizabeth Kübler-Ross, e destacou as lições que julgou como principais em cada capítulo. A decisão de numerar cada ponto escolhido tem como base a intensão do autor de manter uma ordem lógica, paralela à apresentação dos temas no livro.Também, ao numerar as lições importantes, o autor deixa o trabalho aberto para futuras inclusões de novas lições adquiridas pela leitura dessa obra clássica.

I. Sobre o temor da morte

1. As epidemias levaram a óbito muitas pessoas nas gerações passadas;
2. As mortes de crianças eram comuns;
3. Todavia, a medicina progrediu muito desde aquelas épocas;
4. O evento das descobertas eutilização de vacinas em escalas erradicou muitas doenças, sobretudo na Europa Ocidental e nos Estados Unidos;
5. O uso de quimioterapia, especialmente a utilização de antibióticos ajudou a decrescer o número de casos fatais relacionadas à enfermidades infectocontagiosas;
6. A educação inserida no contexto da saúde pública ajudou a diminuir os índices de doenças e subsequentemente amortalidade infantil;
7. As enfermidades que causavam mortalidade entre jovens a adultos foram controladas;
8. Com um número menor de óbitos, a população de pessoas mais velhas aumentou , aumentando também as enfermidades e condições relacionadas com a o avanço na idade;
9. Os pediatras se confrontam menos com situações críticas que ameaçam a vida, porém, deu-se um acréscimo no número decasos de distúrbios psicossomáticos, com problemas de comportamento e ajustamento;
10. Não obstante, médicos tratam de pessoas mais velhas que procuram ter suas vidas prolongadas, e anseiam viver sem os percalços das limitações biopsicossociais;
11. A maioria não procura psiquiatras para seus problemas psicossociais, mas sim o capelão, o assistente social. Estes profissionais se veem nopapel de suprir as necessidades destas pessoas;
12. Ocorreram mudanças no meio ambiente as últimas décadas que são responsáveis pelo crescente medo pela morte;
13. Este medo tem causado um acréscimo no mal estar emocional das pessoas e denota uma grande necessidade de se compreender melhor a temática sobre a morte e o morrer;
14. Estudos de povos e culturas antigas, percebemos que o serhumano sem abominou a morte, e provavelmente sempre a repelirá;
15. No inconsciente do homem, a morte não existe quando se trata dele mesmo como pessoa;
16. Se a vida tiver fim, será sempre atribuída a um ato sobrenatural, uma intervenção maligna fora do alcance do homem, pois a morte não existe para o inconsciente humano;
17. A morte, portanto, para o homem como espécie, está ligadoà possibilidade de ser morto por uma força externa a ele, estando ligado à uma ação má, algo que aclama recompensa ou castigo;
18. O conhecimento desta forma de pensar de nossos pacientes é importante para o terapeuta, pois, estes pensamentos não são salutares para o paciente;
19. Outro fator a ser compreendido é que não podemos distinguir entre o desejo e a realidade em nosso...
tracking img