Ponte akashi-kaikyo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1167 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SOCIEDADE EDUCACIONAL DE SANTA CATARINA - SOCIESC
INSTITUTO SUPERIOR TUPY
AMANDA ELISA CARDOSO

PONTE AKASHI-KAIKYO

JOINVILLE, 2012
AMANDA ELISA CARDOSO

PONTE AKASHI-KAIKYO

Este trabalho será apresentado ao Instituto Superior Tupy, na disciplina de Introdução à Engenharia Civil, ministrada pelo Prof. Thomaz Henrique Thomsen, no curso de Engenharia Civil, turma ECV111, como requisitopara a 1ª parcial.

Joinville
2012/2
1 INTRODUÇÃO

A ponte Akashi-Kaikyo, localizada no estreito de Akashi (Japão) entre a cidade de Kobe e a ilha Awaji, faz parte de uma rede nacional de estradas que conecta as ilhas Honshu, Awaji e Shikoku com o objetivo de estimular o crescimento econômico e o intercâmbio cultural do oeste japonês. Além da fundamental importância para o desenvolvimentoda ilha Awaji, o tamanho da ponte chamou a atenção dos estudiosos da área da Engenharia Civil. Afinal, é a ponte suspensa mais longa e com as torres mais altas do mundo, superando, inclusive, recordes anteriores.

2 SOBRE AKASHI-KAIKYO

Concluída em 1998 com 3.911 m de comprimento total e 1.991 m de vão central, a Akashi-Kaikyo tornou-se a ponte com o maior vão do mundo, superando em 367 m orecorde anterior, o vão central da ponte Great Belt East (Dinamarca), também inaugurada em 1998. Tal obra representou para a engenharia um grande desafio, não somente pela sua grandiosidade, mas também pelas severas condições naturais do estreito, tais como: grande profundidade, fortes correntes, mau tempo, risco de furacões e terremotos. Além disso, ela teve que satisfazer as leis existentes parapreservar a atividade de pesca e o intenso tráfego marítimo existente na região. Foi exigido, por exemplo, que a ponte tivesse um vão mínimo de 1.500 m para que a segurança do tráfego marítimo fosse garantida.
Foto 1
Para atender a essas condições, vários projetos e análises foram feitos. Até mesmo um modelo da ponte em escala 1:100 foi construído e testado exaustivamente (ver foto 1) a fim dese desenvolver uma estrutura estável o suficiente para suportar a ação do vento. O resultado final foi uma ponte pênsil com 1.990 m de vão formada por piso treliçado suportado por duas torres de aço, ambas com 282,8 m de altura. A ponte possui seis faixas de tráfego, três em cada sentido. Neste tipo de ponte, a estabilidade aerodinâmica é uma característica essencial. Por esse motivo, foi escolhidoum tabuleiro treliçado, pois além de proporcionar rigidez à ponte, impõe baixa resistência à passagem do vento. Além disso, foi decidido instalar, ao longo do piso treliçado, placas estabilizadoras para direcionar o vento e, com isso, reduzir a torção do tabuleiro.
O risco de terremotos foi outro fator cuidadosamente analisado durante o projeto. A Akashi-Kaikyo foi projetada para resistir a doistipos de terremotos: um com até 8,5 graus de magnitude na escala Richter ocorrendo a uma distância de 150 km da ponte e outro com um período de ocorrência de 150 anos com epicentro dentro de um raio de 300 km ao redor da ponte. Graças a estes cuidados, a ponte pôde resistir ao terremoto Hyogo-ken Nanbu (1995), que teve como única conseqüência para a ponte o fato de ter deslocado seus pilares,aumentando em 1 m a distância entre eles.
3 ETAPAS DA CONSTRUÇÃO

As obras da Akashi-Kaikyo começaram, efetivamente, em maio de 1988. A primeira etapa consistiu na execução da base da ponte, cuja função é transmitir ao solo 120.000 toneladas. As duas fundações, uma para cada torre, são do tipo direta, sendo cada uma formada por um caixão de concreto armado com 80 m de diâmetro. Durante aconstrução, cada caixão, previamente fabricado, foi transportado até o local de sua implantação, submergido até se apoiar no fundo do mar, a 60 m de profundidade, e preenchido com água e concreto. Para evitar que areia e pedregulhos trazidos pelas fortes correntes desgastassem os caixões, estes foram protegidos com filtros e pedras arredondadas.
Foto 2
Em abril de 1992, as torres de aço começaram a...
tracking img