Politicas publicas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3195 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
1-Na formulação das agendas políticas existem lutas, jogos, persuasão, debates, acomodação, negociação, coalizão e barganha. Na acomodação podemos ter situações complexas, inclusive a de que pode ser uma ação:
Escolher uma resposta.
| a. que tem por objetivo delimitar a ação de cada grupo para que não haja confusão na distribuição das políticas públicas e se possa postergar qualquer tipo deretaliação de um grupo contra outro | |
| b. de conformação de ações de dirigentes e representantes de empresas que sempre lutam com os mesmos objetivos sociais de atendimento a população | |
| c. procure a ampliação dos poderes de setores mais vulneráveis para que possam melhorar as condições de vida de um grupo social com objetivo de organizar a sociedade de modo mais eficiente. | || d. que deve ser sempre uma ação deliberada do poder público quando não houver mais condições de dialogo entre as partes, evitando assim qualquer tipo de ação para postergar as definições | |
| e. pode ser uma estratégia para adiar o confronto para o momento da implementação, quando a situação política e a correlação de forças podem ser mais favoráveis a algum dos atores | |
2-Existemmodelos de compreensão das formulações de política pública. Nesse aspecto, existem dois modelos que são diferentes porque, segundo Rua (2009) enquanto no ................ temos a convicção de que o conhecimento da realidade é sempre limitado[...]. Já o .......................... parte do pressuposto de que o problema pode ser conhecido de forma intensa para tomadas de decisão, inclusive aquelasimpactantes.

Complete essa frase com o nome dos dois modelos de análise da formulação das políticas públicas.
Escolher uma resposta.
| a. Modelo de cooperação e modelo de separação | |
| b. modelo racional e modelo organizacional | |
| c. Modelo transnacional e modelo nacional | |
| d. Modelo racional e modelo irracional | |
| e. Modelo incremental e modeloracional-compreensivo | |
3-Na percepção de Kliksberg, segundo Rua (2009, pgs. 104-107) existem dois modelos de análise dos modos de implementação das políticas públicas. Elas estão configuradas nas idéias de:
Escolher uma resposta.
| a. modelo altivo e modelo interativo | |
| b. modelo interativo-iterativo e modelo linear | |
| c. modelo altruísta e modelo sincronizado | |
| d.modelo disciplinar e modelo racional | |
| e. modelo conciliador e modelo interativo-iterativo | |
Question 4
Na formulação das agendas de políticas públicas existem atores visíveis e invisíveis, cuja configuração e capacidade variam no tempo e no espaço. Para a deliberação nos casos da formação da “agenda sistêmica” também existem:
Escolher uma resposta.
| a. atores sociais que podemser governamentais e não governamentais | |
| b. atores de cinema, de televisão, de teatro e de rádio | |
| c. atores que não podem estar relacionados pois são incapazes de reivindicar | |
| d. atores de entidades não governamentais sérias e responsáveis que sempre formulam todas as políticas públicas | |
| e. atores de instituições que preferem ficar desempenhando seus papeisem casa | |
Question 5
Para maior qualidade das políticas públicas podemos compreender a necessidade da existência de três conceitos básicos de critérios de avaliação das políticas públicas. Elas podem ser definidas pelas idéias de:
.
| a. eficiência, transparência e gestão compartilhada | |
| b. perspicácia, efetividade e organicidade | |
| c. equidade, equanimidade ealternância | |
| d. eficiência, eficácia e efetividade | |
| e. potencialização, governabilidade e produtividade | |
Question 6
Notas: 1
Na formação das agendas de políticas públicas existem diversos três tipos de demandas que precisam receber formulação sobre elas. Dentre elas podemos destacar:
| a. as demandas que levam em consideração a quantidade de pessoas que irão atender |...
tracking img