Politicas publicas educacionais no estado do pará

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3337 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
POLITICAS PUBLICAS EDUCACIONAIS
Talita Vieira de Souza
Prof.ª Ana Cláudia Barbosa
Centro Universitário Leonardo da Vinci – UNIASSELVI
Licenciatura plena em Pedagogia (PED 9691) – Fundamentação Teórica TG
12/04/2012

De acordo com o projeto da Política de Educação Básica do estado do Pará organizado por representantes da Secretaria de Estado de Educação (SEDUC), desenvolvido e aprovado noano de 2008 com participação do Governo de Ana Julia Carepa junto as Secretarias de Estado de Educação, de Ensino, de Gestão, de Logística e as diretorias de Ensino Médio e profissional, de Educação Infantil e Ensino Fundamental, e de Educação para a diversidade, inclusão e cidadania. Este fora oferecido a Comunidade Escolar Pública do Estado do Pará com as palavras da Secretária de Estado deEducação Iracy de Almeida (2008):

A Secretaria de Estado de Educação entrega à sociedade um documento que é resultado de um processo coletivo, democrático e participativo, resultante de debates e de tomadas de decisões. O “Política de Educação Básica do Estado do Pará” também representa a edificação de uma nova práxis pedagógica materializadae os anseios dos sujeitos comprometidos com o ensino público estadual, definindo os novos rumos de nosso Estado, sob a perspectiva de um projeto educacional democrático e de qualidade Pará Todos.
A Secretaria de Estado de Educação entrega à sociedade um documento que é resultado de um processo coletivo, democrático e participativo, resultante de debates e de tomadas de decisões. O“Política de Educação Básica do Estado do Pará” também representa a edificação de uma nova práxis pedagógica materializada e os anseios dos sujeitos comprometidos com o ensino público estadual, definindo os novos rumos de nosso Estado, sob a perspectiva de um projeto educacional democrático e de qualidade Pará Todos.



Este Projeto apresentoudesafios a serem percorridos com intenção de diminuir a distância entre a “educação que temos” e a “educação que queremos”. Falou também sobre os investimentos que “precisavam” serem feitos, nos mais variados aspectos da qualificação do ensino, da infra-estrutura e da valorização dos trabalhadores da educação. As propostas que foram expressas no documento sobre o assunto tinha o desejo coletivo pelagarantia de um projeto educacional democrático fundamentado na concepção de educação com qualidade social: participativa, inclusiva, crítica, criativa, dialógica, autônoma, isto é, emancipadora. Deste modo, articulou-se a um novo modelo de desenvolvimento, com garantia de direitos, participação popular, controle social, respeito à diversidade e ao meio-ambiente. Pelas palavras da Secretária Adjuntade Ensino Maria do Socorro Menezes de Oliveira Brasil (2008):

...a opção por esse projeto agrega sonho e luta por uma nova sociedade e, para sua efetivação no chão da escola, é necessário que a nossa prática educativa seja fomentada por desafios cotidianos, ou seja, por uma trajetória educacional contagiada pela beleza da descoberta, da (re)construção, da mudança; pelas disputas salutares naconstrução participativa e pelo reconhecimento das diferenças e valorização do outro, onde todos se constituam protagonistas na configuração de um cenário de ações propositivas e qualificadoras da Educação Básica deste Estado ao criar espaços de afirmação de identidades na perspectiva do desenvolvimento do sujeito.
...a opção por esse projeto agrega sonho e luta por uma nova sociedade e, para suaefetivação no chão da escola, é necessário que a nossa prática educativa seja fomentada por desafios cotidianos, ou seja, por uma trajetória educacional contagiada pela beleza da descoberta, da (re)construção, da mudança; pelas disputas salutares na construção participativa e pelo reconhecimento das diferenças e valorização do outro, onde todos se constituam protagonistas na configuração de...
tracking img