Politica e saude no brasil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1317 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Assistência de Enfermagem na Coleta de Sangue do Doador e na Hemotransfusão

Coleta de sangue de doadores

O ato de coleta de sangue do doador obedece a critérios importantes para garantir a qualidade do sangue doado e a manutenção do estado de saúde do doador

Triagem hematológica:

* Verifica - se o peso corporal, que deve ser superior a 50 kg.
* Explicar ao cliente oprocedimento a ser realizado. 
* Colher sangue capilar através da punção da polpa digital dos dedos anular ou médio, verificar a dosagem de hemoglobina e hematócrito.
Sala de coleta:
* O ambiente da sala de coleta deve ser tranqüilo, agradável e limpo.
* Poltrona ou leito.
* Anexo a sala de coleta deve existir uma sala de recuperação equipada com material de atendimento a assistênciaventilatória, medicação de urgência e oxigênio.

Para se iniciar o processo de coleta de sangue do doador, deve -se rotular cada bolsa de sangue a ser colhida, de modo que sua identificação seja clara e única.
O sangue deve ser coletado com técnica asséptica, utilizando-se sistema fechado, estéril e não deve ser realizada mais de uma punção em um mesmo doador. As bolsas utilizadas para coletapoderão ser simples, duplas, triplas e quádruplas. A escolha do anticoagulante irá depender das necessidades e realidade de cada serviço. Determinará o tempo de conservação e armazenamento do sangue coletado.

Orientações ao doador de sangue:

* Após a doação, observar o doador por 5 minutos.
* Oferecer um lanche.
* Não utilizar bebidas alcoólicas por 6 horas.
* Não fumardurante a primeira hora.
* Evitar exercícios físicos principalmente no braço da punção.
* Ante qualquer anormalidade comunicar a instituição.
* Informá-lo sobre a conduta para receber os resultados do exame.

Reações adversas no doador de sangue:

A maior parte das reações adversas é resultado de influências psicológicas como nervosismo, medo e visualização do sangue. Manifesta-secom palidez, sudorese, náusea, vômito e crise convulsiva. É imprescindível a avaliação médica do doador, para assegurar um atendimento multidisciplinar adequado e completo. As reações e o atendimento prestado, devem ser registrado na folha de atendimento, anexada a ficha de doação.

Assistência de enfermagem na hemotransfusão:

Conceito: É a administração de sangue e dos hemoderivados.Tipos:
• Sangue total: É constituído de plasma, que é a parte líquida do sangue, e os seus elementos figurados que são as hemácias, leucócitos e plaquetas. É indicado em caso onde existem a restrição de hemocomponentes. Ex: Hemorragia grave.

• Concentrado de hemácias: São separados a partir de uma unidade de sangue total, através da remoção por centrifugação de 200 a 250 ml de plasma. Repõe acapacidade de transportar oxigênio, o volume sangüíneo é normal. É administrado em anemia.

• Concentrado de plaquetas: São obtidas a partir de uma unidade de sangue total, através da centrifugação de plasma rico em plaquetas, não devendo conter hemácias. É indicado em caso de disfunção plaquetária, em doenças congênitas, doenças neoplásicas, leucemia, quimioterapia e radioterapia.

• Plasmafresco congelado:
É obtido a partir de uma bolsa de sangue total por centrifugação e congelamento a 18ºC, ate 8 horas após a coleta. Contém todos os fatores plasmáticos da coagulação. Deve ser respeitada a compatibilidade ABO. Indicado em casos de deficiências de fatores de coagulação.

Observações gerais importantes
* É obrigatório o uso do equipo de transfusão, com filtro, estéril,descartável e de uso único. Deve ser trocado se apresentar sinais de saturação e deve ser utilizado no máximo por 4 horas;
* Para guarda de sangue e hemoderivados, as geladeiras e frezers devem conter termômetro interno e mapa de temperatura para o controle a cada 4 horas, afixado nos mesmos.
* Ao manipulá-los é imprescindível o uso do EPI.
* O aquecimento do sangue quando indicado, deverá...
tracking img