Polidez

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4084 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
125

ISSN 1676-045X Campus de Toledo Volume VI – Nº 6 – 2007 p. 125-137

PRAGMATICAMENTE FALANDO DE (DES)ENTENDIMENTOS NA COMUNICAÇÃO VERBAL

LUZIA SCHALKOSKI DIAS1 ELENA GODOI2
RESUMO: Nos propomos a analisar um episódio de insucesso comunicativo, envolvendo uma estudante de Secretariado e um aluno intercambista estrangeiro, à luz da Sociolingüística Interacional e da Pragmática. A partirde uma revisão teórica nós explicitamos as diferentes concepções de polidez, procurando demonstrar suas aplicações para a análise do episódio e a importância do contexto de comunicação. Levantamos algumas hipóteses explicativas para o incidente, dentre as quais estão os erros de cálculo relativos às intenções dos interlocutores; os estereótipos relacionados ao gênero e à profissão de secretária;e as percepções das relações de poder que podem se manifestar na interação entre alunas/os de cursos diferentes. PALAVRAS-CHAVE: Polidez; contexto; estereótipos.

1 Mestre em Estudos Lingüísticos pela UFPR. Atua como professora de língua espanhola no Curso de Secretariado Executivo Trilingüe da Facinter. E-mail: luzia_schal@hotmail.com. 2 Doutora e pós-doutora em Lingüística pela UniversidadeEstadual de Campinas. Professora associada da UFPR, atua na Graduação e na Pós-Graduação em Letras. Email: elenag@ufpr.br.

126
ABSTRACT: We set out to analyze an episode of communicative failure between a secretarial student and an exchange management student, based on Interactional Sociolinguistics and Pragmatics. After a review of the relevant theory, we try to emphasize the differentconceptions of politeness, and to show how they can be applied in this particular case, taking into account the importance of its communication context. Some hypotheses are made to explain the incident, including miscalculations about the speakers’ intentions; stereotypes about gender and the secretarial profession; and power perceptions that may become manifest during the interaction between students ofdifferent courses. KEY WORDS: Politeness, context, stereotypes.

1 INTRODUÇÃO Neste artigo, nos propomos a analisar, em uma perspectiva sociolingüística interacional e pragmática, a aplicabilidade e as limitações da Teoria da Polidez de Brown e Levinson (1987), a partir da análise de um episódio que consideramos de desentendimento comuncativo. Em um segundo momento, propomos uma releitura doepisódio e, tomando como referência a proposta de Mills (2003), buscaremos identificar os fatores que teriam contribuído para o insucesso na interação verbal analisada. Assim, para a análise que faremos ao longo deste texto, teremos em mente o seguinte diálogo: A: ¿Qué te parecen las mujeres brasileñas? (O que você acha das mulheres brasileiras?) B: Yo creo que las mujeres brasileñas son muyatiradas. (Eu acho que as mulheres brasileiras são muito oferecidas) Não é difícil constatar que postos dessa forma, sem qualquer contextualização — onde e quando ocorreu, quem disse o quê para quem —, não é possível avaliar os enunciados que compõem esse diálogo como sendo polidos ou impolidos, pelo menos não de forma satisfatória. Com isso, chegamos a duas das principais questões que nortearão estetrabalho: O que se entende por polidez? O que constituiria a impolidez? Pensando na comunicação, que fatores nos levam a interpretar certo enunciado como polido ou impolido? Passemos então à apresentação do quadro teórico que embasará nossas reflexões sobre esses questionamentos.

127
2 A POLIDEZ LINGÜÍSTICA Uma parte considerável das investigações recentes no campo da sociopragmática tem sevoltado para as propriedades da comunicação que dependem do caráter inerentemente social das interações verbais e é neste contexto que surge o interesse pela polidez conversacional. Tradicionalmente, o termo polidez foi concebido como um conjunto de mostras de respeito ou deferência (EscandellVidal, 1995). Porém, em um enfoque moderno, a polidez é entendida como fruto da necessidade humana de manter...
tracking img