Policia cientifica - toxicologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1366 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
13/05/2012

POLICIA CIENTIFICA
Toxicologia Forense

...podemos dizer que será ...

CIÊNCIA & ARTE INTUIÇÃO & SORTE

1

13/05/2012

SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA

Polícia Civil POLÍCIA CIENTÍFICA

Polícia Militar

Superintendência da Polícia Técnico-Científica (SPTC)

Instituto de Criminalística

Instituto Médico Legal

SUPERINTENDÊNCIA DA POLÍCIATÉCNICO-CIENTÍFICA (SPTC)
• Responsável pela coordenação dos trabalhos do Instituto de Criminalística e do Instituto Médico Legal, editando normas, ações conjuntas e implementando políticas de atendimento à população.

2

13/05/2012

INSTITUTO CRIMINALISTA
• Centro de Exames, Análises e Pesquisas (Ceap) do IC: -Engloba os Núcleos de Análises: Instrumental, Balística, Biologia e Bioquímica, Física,Química e Exames Entorpecentes

PERÍCIA CRIMINAL
• • • • • Atendimento policia (perito) Seleção e preservação das amostras a serem analisadas Cadeia de custódia Análise Toxicológica Interpretação dos resultados

3

13/05/2012

PERITO CRIMINAL
• É responsável por localizar as provas técnicas, e analisar os vestígios do delito. • Após a localização das provas, estuda o corpo do objeto,realiza exames laboratoriais específicos, analisa todas as informações das quais dispõe e reconstitui a cena do crime, na tentativa de desvendar os autores, as armas utilizadas, o modo como foi realizado e até as vítimas.

TOXICOLOGIA FORENSE
Termo relacionado a qualquer aplicação da ciência ou estudo dos Toxicantes com a finalidade de elucidar procedimentos

legais ou judiciais.

4 13/05/2012

Este é uma das substâncias tóxicas que vem sendo consumida de forma intensiva pelos jovens...

O QUE FAZ...

• Perturbação dos aspectos cognitivos • Perturbação do processamento da informação • Deterioração de análise sensoriais • Deterioração da organização das respostas motoras

5

13/05/2012

Aumento dos tempos de reação

Menor capacidade e rapidez de decisão

Diminuição dopoder de diversificar a atenção

Descoordenação dos movimentos

Abuso de Drogas

6

13/05/2012

ABUSO DE DROGAS
1. Depressores do SNC :
 Ópio  Morfina  Heroína

2. Estimulantes do SNC:  Anfetaminas  Cocaína

3. Drogas alucinógenas:
 Canabinóides  LSD

Consumidores:
• • • • • Experimentais Ocasionais Habituais Compulsivos Dependentes

7

13/05/2012

Visão NormalOpiáceos - Heroina

Canabinóides

Cocaína

Estudos pos-mortem
• Morte relacionadas com drogas
• Mortes provocadas ou induzidas diretamente pelas drogas – overdoses

- A morte não é atribuída à droga mas esta é um fator coadjuvante do processo que conduziu à morte.

- Resultam da ação direta da droga isolada ou associada com outras substancias

8

13/05/2012

Quando surge nomercado heroína com grau maior de pureza

Após período de abstinência

OVERDOSE

Por outros adulterantes presentes na atmosfera

Local da morte Isolamento, seringa perto ou ainda no braço, objetos relacionados (limão, colher, isqueiro...)

Características do individuo Sexo masculino, 3ª e 4ª décadas da vida, vida sócio-econômica

Informação Circunstancial

Antecedentes do individuoPeríodo de abstinência prévio, consumo de álcool

Clinica de intoxicação

9

13/05/2012

Fármacos Mais Detectados Nas Intoxicações Forenses
Psicotrópicos
Barbitúricos Antipsicóticos (ex: haloperidol) Ansiolíticos (ex: benzodiazepinas) Hipnóticos não barbitúricos Antidepressivos (IMAO, tricíclicos)

Antipiréticos e Analgésicos
AAS e derivados Paracetamol

Numa intoxicação mortal pormedicamentos, raramente existem ainda vestígios na boca da vítima

10

13/05/2012

Sonolência Alterações da visão

Alterações do comportamento Perda da consciência

INSTITUTO MÉDICO LEGAL
• • • • • • • • Realiza exames de corpo de delito e demais perícias como: Autópsias Lesões corporais Violência sexual Sanidade mental Constatação de idade Doença sexualmente transmissível e todas as...
tracking img