Polias e correias

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1450 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
23 Polias e correias I

A UU AL A L

23

A

número de rotações por minuto (rpm) executado por uma furadeira de coluna não estava compatível com a necessidade exigida pelo trabalho. O número de rotações desenvolvido pela broca era muito baixo e variava, apesar de Dimas, o operador, ter colocado corretamente a correia nas polias. Dimas chamou Ernesto, o mecânico de manutenção da empresa,mostrou a ele o problema e Ernesto, muito experiente, abriu a tampa da caixa de proteção das polias e correia e examinou o conjunto. Notou, de imediato, que a correia apresentava desgastes e que uma polia precisava de reparos. Com Dimas observando, Ernesto resolveu o problema, e a furadeira voltou a funcionar como antes. Como Ernesto resolveu o problema da correia e da polia? Polias e correias é otema desta aula.

O

Polias
Polias são elementos mecânicos circulares, com ou sem canais periféricos, acoplados a eixos motores e movidos por máquinas e equipamentos. As polias, para funcionar, necessitam da presença de vínculos chamados correias. Quando em funcionamento, as polias e correias podem transferir e/ou transformar movimentos de um ponto para outro da máquina. Sempre haverátransferência de força.

A U L A

23

As polias são classificadas em dois grupos: planas e trapezoidais. As polias trapezoidais são conhecidas pelo nome de polias em “V” e são as mais utilizadas em máquinas. A figura abaixo e a tabela a seguir dão os parâmetros dos dimensionamentos normalizados para as polias em “V”.

ELEMENTOS NORMALIZADOS PARA DIMENSIONAMENTO DAS POLIAS EM PERFIL PADRÃO DACORREIA DIÂMETRO EXTERNO DA POLIA (mm) ÂNGULO DO CANAL

“V”

MEDIDAS EM MILÍMETROS

T A de 75 a 120 de 125 a 190 acima de 200 de 125 a 170 de 180 a 270 acima de 280 de 200 a 350 acima de 350 de 300 a 450 acima de 450 de 485 a 630 acima de 630 34° 36° 38° 34° 36° 38° 36° 38° 36° 38° 36° 38° 9,5

S 15

W 13

Y 3

Z 2

H 13

K 5

X 5

B

11,5

19

17

3

2

17

6,56,25

C D E

15,25 25,5 22,5 22 36,5 32

4 6 8

3 4,5 6

22 28 33

9,5 12,5 16

8,25 11 13

27,25 44,5 38,5

Cuidados exigidos com polias em “V”
As polias, para funcionarem adequadamente, exigem os seguintes cuidados: · não apresentar desgastes nos canais; · não apresentar as bordas trincadas, amassadas, oxidadas ou com porosidade; · apresentar os canais livres de graxa, óleo outinta e corretamente dimensionados para receber as correias. Observe as ilustrações seguintes. À esquerda, temos uma correia corretamente assentada no canal da polia. Note que a correia não ultrapassa a linha do diâmetro externo da polia nem toca no fundo do canal. À direita, por causa do desgaste sofrido pelo canal, a correia assenta-se no fundo. Nesse último caso, a polia deverá ser substituídapara que a correia não venha a sofrer desgastes prematuros.

A U L A

23

A verificação do dimensionamento dos canais das polias deve ser feita com o auxílio de um gabarito contendo o ângulo dos canais.

Alinhamento de polias
Além dos cuidados citados anteriormente, as polias em “V” exigem alinhamento. Polias desalinhadas danificam rapidamente as correias e forçam os eixos aumentando odesgaste dos mancais e os próprios eixos. É recomendável, para fazer um bom alinhamento, usar uma régua paralela fazendo-a tocar toda a superfície lateral das polias, conforme mostra a figura.

A U L A

Correias
As correias são elementos de máquinas cuja função é manter o vínculo entre duas polias e transmitir força. As mais utilizadas são as planas e as trapezoidais. As correias trapezoidaistambém são conhecidas pelo nome de correias em “V”.

23

Os materiais empregados na fabricação de correias são os seguintes: borracha; couro; materiais fibrosos e sintéticos à base de algodão, viscose, perlon, náilon e materiais combinados à base de couro e sintéticos. A grande maioria das correias utilizadas em máquinas industriais são aquelas constituídas de borracha revestida de lona....
tracking img