Poemas e outros bucais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1833 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de julho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
POEMAS E OUTROS BUCAIS

Leopoldino Talento
– UMA OBRA SEXUAL –

SUMÁRIO
PREFÁCIO 4
POEMAS 5
Caldo sagrado 6
Amizade inocente 7
Despertar do pintor 8
Máquina sexual 9
Emissão seminal 10
Oi 11
Menstruação 13
Mulher-aranha 14
Léxica 15
Instinto 16
Gotas íntimas 18
Duro caralho 19
Quero 20
Anos 21
Papaixão 22
Fimose 23
Fim de ano 24
Verniz 25
Equação sexual 26
Troncofecal 27
Vi Ana 28
Paternidade 29
Bovino 30
Objetos 31
OUTROS BUCAIS 32
Volúpia interiorana 33
Atração interiorana 35
Celibato 37
Como amo minha terra 39


Prefácio

Chave libertadora dos sentimentos reprimidos e imersamente sucumbidos pela falsa moral, esta obra não poupa argumentos e alusões aos prazeres mais sarcásticos e proibidos desta vida.
Uni de forma ávida e ímpar osprincípios comunicativos e os devaneios de nossa fraca natureza humana, destinando-se à revelação – através da simples disposição psico-imagética de palavras deleitadas em coito – do âmago humano: a profanação.
O leitor que se nega a enxergar esses fatos é um fraco, hipócrita dos pensamentos que nunca deixarão de passar por sua impura e cínica mente.
Leopoldino Talento



POEMAS

CALDO SAGRADOGozo, gozo, gozo.
Verbo ou substantivo.
Acaso sabes o que seria?
Penetrando sem raiva,
bebes o suco da vida,
misturado com óleo e saliva.
Extrato da luxúria,
quente e viscoso.
Levando-te além
deste mundo ocioso.

AMIZADE INOCENTE


Acaso a amizade
não se tornaria promiscuidade?
Um convite sedutor
pode abalar o indivíduo seguro.
Seios em volúpia,
hormônios em devaneio.Cheiro de sexo e orgasmo
aflora imaginariamente.
A amizade pode sim esconder
o amor em forma de sarcasmo.
Basta apenas excitar,
para a máscara levantar
e um lençol, por fim melar.

DESPERTAR DO PINTOR


Ao despregar o olho, vou pintar a manhã sem cor
Ao raiar do dia, vou despregar teu cu
com meu pinto nu, vou te encher de branco e dor

Agora dorme, no furo da noite,
pra amanhãacordar, com teu furo dormente
E fazer novamente meu pinto melar


MÁQUINA SEXUAL


Agarrar agarrar agarrar
chupar chupar chupar
lamber lamber lamber
foder foder foder
foder foder foder
foder foder foder
foder foder foder
foder foder foder
foder foder foder
foder foder foder
foder foder foder
foder foder foder
foder foder foder
foder foder foder
foder foder foder
chupar melarlimpar ok.
Bis?

EMISSÃO SEMINAL


Prostrada diante do meu grosso falo
anseia embatucar-se
para haurir o caldo lácteo

Oh, insaciável coito voluptuoso!

Exprobrar-lhe meu ranço acerbo
para que se besunte em alvo sumo
ser conspurcada do suco fétido

Escorrido como um unguento dessecante
deprava-lhe a face
região bucal
teu gozo
glote
hm.

OI


Venho a sua porta e
 MENSTRUAÇÃO


Bolsa dérmica
Urge contrair

Corroer e sangrar
Engelhar a bursa

Talhado de pele e sangue
Aquosa papa que escorre

Rubro prazer
Alimento
Bucal
Ok

MULHER-ARANHA


Tua estupidez se expressa pela tez
do teu rosto sem gosto,
mas gosto e aposto
que, se a chama vital
em brasas ainda lhe percorresse o corpo,
meu escopo seria teu pau,
membro fecundador,penetraria minhas entranhas
duro e rijo, assim me arranhas,
fecundas a dor;
mas tal qual aranha,
posta à morte deleitada
duma trepada sem sorte,
bebo o suco da tua morte
pela traição profanada.

LÉXICA


canal
anal
cana
na
ana
Lacan

INSTINTO


Fauna e flora
Nosso Brasil é muito belo
Animais na natureza
Constroem um grande elo

Evolução é tendência
Prazer éindecência
Por quê?

O instinto de procriar
Juntamente com o de zelar
Não saturemos este mundo
Então vamos transar!

Transar sem embuchar
O lema desses dias
E de quem bem ligar

Transar não é contrato
É livre e imediato
Quero fodas quero todas
Menos as gordas

Fodo tudo que me der tesão
Uma mulher bem vagabunda
Nunca entrará em extinção


GOTAS ÍNTIMAS


Mudo e escondido...
tracking img