Poder

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2614 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PODER
Poder, o potencial que uma pessoa tem de fazer com que outros façam o que ela quer e de evitar
ser forçada a fazer o que não quer, é um assunto controverso, que desperta fortes reações. Enquanto
uns o vêem como algo natural, inerente à vida das empresas, outros consideram-no como algo
ilegítimo, não nobre e prejudicial.
Num ambiente que exige decisões de qualidade em alta velocidade, oslíderes precisam
influenciar outras pessoas de maneira rápida e eficiente, e para isso recebem, obtêm e utilizam
poder. Nesse contexto sua utilização é legítima e positiva.
Muitas vezes, porém, o poder passa a ser uma questão pessoal, em que o desejo é unicamente
exercer domínio e suplantar o outro. Quando o poder passa a ser um fim em si mesmo, bloqueia-se
o atingimento dos objetivos institucionais,com óbvios danos à organização.
Líderes com essa postura usam seu poder para construir e proteger seus “reinos’, não hesitando
em utilizar chantagens, coerção ou manipulação.
Recrutam seu próprio staff de especialistas para não dependerem de assessores institucionais;
seletivamente reforçam ou ignoram grupos da organização; programam agendas e atendimentos
manipulativamente; fornecem dados einformações seletivamente.
Chegar a uma conscientização clara quanto à onipresença do poder nas relações entre
pessoas/áreas da organização e instituições externas é o primeiro e mais importantes passo que os
líderes podem dar na busca de um uso legítimo de poder na organização. Esse primeiro passo
conduz a um outro tipo de conscientização: a de que todas as ações dos executivos (mudançasorganizacionais, admissões/demissões, novos planos, alterações no mix de produtos etc.) têm
impacto na distribuição e equilíbrio de poder na empresa.
Trabalhar em profundidade questões como as apresentadas ajudará os líderes a refinar sua forma
de ver a distribuição de poder na organização e irá capacitá-lo a melhor gerenciar esse importante
componente do dia-a-dia das empresas.

Michel Foucault
MichelFoucault foi um importante filósofo e professor da
cátedra de História dos Sistemas de Pensamento no College de
Frances desde 1970 a 1984. Todo o seu trabalho foi desenvolvido
em uma arqueologia do saber filosófico, da experiência literária e
da análise do discurso. Seu trabalho também se concentrou sobre a
relação entre poder e governamentalidade, e das práticas de
subjetivação.
Foucault é amplamenteconhecido pelas suas críticas às
instituições sociais, especialmente à psiquiatria, à medicina, às
prisões, e por suas ideias e da evolução da história da sexualidade,

as suas teorias gerais relativas à energia e à complexa relação entre poder e conhecimento, bem
como para estudar a expressão do discurso em relação à história do pensamento ocidental, e tem
sido amplamente discutido, a imagem da"morte do homem" anunciada em "As Palavras e Coisas",
ou a ideia de subjetivação, reativada no interesse próprio de uma forma ainda problemática para a
filosofia clássica do sujeito. Parece então que mais do que em análises da "identidade", por
definição, estáticas e objetivadas, Foucault centra-se na "vida" e nos diferentes processos de
subjetivação.

Conhecimento histórico, Verdade e Poder.
Mas oque é o conhecimento verdadeiro? Para Foucault esta não é a questão fundamental.
Essencial é o que rege os enunciados e a forma como estes se regem entre si para constituírem um
conjunto de proposições aceitáveis cientificamente. Desta forma a questão é deslocada para uma
espécie de “economia política” da verdade, isto é para seu processo de produção. Assim, o que
importa observar são as condiçõesde possibilidade para formulação da verdade.
Tais condições para a produção da verdade
nas sociedades capitalistas podem ser
representadas, segundo Foucault, por cinco
características principais: está centrada na
forma do discurso científico e nas instituições
que o produzem; é incitada pela economia
que tem necessidade de verdade para a
produção de mercadorias, e pela política que
a utiliza...
tracking img