Poder e liderança

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1531 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
O PODER e Autoridade NAS ORGANIZAÇÕES

Carolina de Camargo Hoffmann*

Resumo

Este artigo tem como objetivo principal caracterizar as
relações de poder nas organizações. Para tanto, foram
traçados os seguintes objetivos específicos: definir
poder, levantar as formas existentes de poder nas
organizações, caracterizar o fator dependência em
relação ao poder e mostrar como o poder éutilizado nas
empresas. A metodologia utilizada para este estudo foi o
método exploratório, com base em pesquisas
bibliográficas e documentais. A principal conclusão deste
artigo é a definição de poder como uma relação de
mando e dependência nas organizações que não ocorre
isoladamente, suas formas são mescladas na dinâmica
do ambiente organizacional
Palavras-chave:

pessoaspoder;

dependência;

organizações;

INTRODUÇÃO

O poder e sua forma de aplicação estão sendo muito discutidos por
estudiosos interessados em entender a dinâmica organizacional.
Este trabalho tem a finalidade principal de caracterizar as relações de poder

nas organizações. Para tanto, foram definidos os seguintes objetivos específicos:

definir poder;
levantar as formas existentesde poder nas organizações;
caracterizar
o factor dependência em relação ao poder; e
mostrar como o poder é utilizado nas
empresas;

Metodologia

A metodologia adoptada foi a pesquisa exploratória, que se apoia em análises
documentais e bibliográficas, buscando sistematizar o assunto desenvolvido por
outros autores de forma a atingir os objectivos propostos.

1. O SIGNIFICADO DOPODER

Para SROUR (1998, p. 135), a fonte originária do poder encontra-se na capacidade de coagir ou de estabelecer uma relação de domínio sobre os outros, na produção de “efeitos desejados” ou no controle das acções dos outros.Ou seja, o Poder é a capacidade de um individuo de se fazer cumprir as suas vontades, podendo influenciar o comportamento e os resultados de outrem de acordo com os seusinteresses.

Para que o poder exista, é necessário que alguém queira algo que está sob controle de outro. Existe, dessa forma, uma relação de dependência de indivíduos ou grupos em relação a outros. Para ROBBINS (1999, p. 249) citado pelo site .http://www.fae.edu, quanto maior a dependência de A em relação a B, maior o poder de B em relação a A e essa dependência aumenta à medida que o controle deB sobre o que é desejado por A aumenta.

O Poder é um fenómeno social e, por isso, consiste numa relação social, não num bem ou patrimônio unilateral. É uma relação de forças, mesmo que assimétricas. Nenhum agente está totalmente destituído de alguma parcela de poder. Mesmo aqueles que ocupam uma posição subalterna nunca deixam de dispor de algum contrapoder: podem resistir e produzir efeitossobre seus superiores e sobre seus colegas de trabalho.

2. FORMAS DE PODER

Analisando as estruturas organizacionais, o modo como as pessoas se
comportam no ambiente de trabalho e como se relacionam, entendemos que existem várias formas de se exercitar o poder nas organizações. Compreendendo
estas formas, fica mais claro também o significado da palavra poder.

2.1 PODER DE AUTORIDADEFORMAL

Segundo BOWDITCH e BUONO (1997, p. 118), existem dois tipos de líderes que exercem poder nas organizações. O primeiro deles é o líder nomeado, que se refere “àqueles indivíduos que ocupam um papel organizacional específico, tais como executivo, gerente, supervisor e assim por diante.”, que têm o poder de executar certas tarefas organizacionais. Já os líderes naturais “(...) recebem poderdos demais membros da organização devido a sua capacidade de conseguir a realização da tarefa ou a manutenção da rede social do grupo”.

Como o sociólogo alemão Max Weber apontou, a legitimidade é uma forma de aprovação social essencial para a estabilização das relações de poder, aparecendo quando as pessoas reconhecem que alguém tem direito de mandar em alguma área da vida humana e quando...
tracking img