Poética - aristóteles

Páginas: 5 (1146 palavras) Publicado: 24 de setembro de 2011
 Poética, de Aristóteles

|[pic] |  |A Poética (gr. Περὶ Ποιητικῆς) é um dos mais influentes — e controvertidos — textos legados pela |
| | |Antiguidade. Nele, Aristóteles analisou e sistematizou, pela primeira vez, o formato e a estética de |
| | |dois importantes gêneros literários gregos, a tragédia e a epopéia; com isso, praticamentefundou a |
| | |disciplina conhecida atualmente por "teoria literária". |
| | |O tratado pertence, aparentemente, à categoria dos escritos esotéricos ("internos"); evidências |
| | |presentes na Poética em outras obras aristotélicas, notadamente a Retórica e a Política, situam a data|
| | |de criação por volta de -334. Aparentemente, o filósofo ocupara-se de questões literárias |
| | |anteriormente, a julgar pelo título de um diálogo perdido, Περὶ ποητῶν (Sobre os Poetas). |
| | |Originalmente, a Poética compreendia dois volumes, dos quais apenas o primeiro chegou até nós. Há |
|| |evidências de que o volume perdido tratava da poesia iâmbica e da comédia. A perda ocorreu, |
| | |provavelmente, antes do século VI. |
| | |Menção à parte merecem os estudos e comentários sobre a Poética efetuados pelos eruditos do |
| ||Renascimento. O irlandês Jonathan Swift, nas Viagens de Gulliver (cap. 8, 1726), afirmou jocosamente |
| | |que os comentadores de Aristóteles eram tão numerosos que não cabiam em uma sala, e centenas tinham que|
| | |esperar "no pátio e nas salas exteriores do palácio" do governador de Glubbdubdrib... Ironias à parte, |
| | |eles muitocontribuiram para a divulgação das doutrinas aristotélicas no Ocidente. |
| | |O texto expõe, de forma ordenada e coerente, as idéias do filósofo sobre a composição poética; dado, |
| | |porém, seu caráter expositivo, semelhante ao de uma preleção oral, não é de estranhar que apresente |
| | |incoerências, lacunas eobscuridades, alimento fecundo de controvérsias que já duram séculos... |
| | |Resumo |
| | |O texto grego da Poética compreende as páginas 1447a-1462b da edição de Bekker (1831) e ocupa cerca de |
| | |47 páginas da edição de Hardy (1932),que serviu de base para este esboço. |
| | |Após uma introdução geral sobre a arte poética, Aristóteles discorre detalhadamente sobre a poesia |
| | |trágica e sobre a poesia épica; no final, faz uma comparação entre ambas (os exemplos infra foram dados|
| | |pelo próprio Aristóteles).|
| | |    1. Considerações iniciais |
| | |[1447a] A poesia faz parte das "artes imitativas" e tem as seguintes espécies: epopéia, tragédia, |
| | |comédia, ditirambo, aulética e citarística, que se distinguem pordiferentes meios, objetos e maneiras |
| | |de imitar; em comum, essas espécies têm ritmo, linguagem e melodia, combinados ou não. [1447b] A arte |
| | |que imita apenas através da linguagem (mimos, diálogos socráticos) não tem denominação própria[1]; quem|
| | |emprega versos, sem imitar, não deve ser chamado de poeta. [1448a] As...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • poetica em aristoteles
  • Poética de aristóteles
  • A poética de Aristóteles
  • Poética aristoteles
  • Poética de Aristóteles
  • Resenha de "a poética de aristóteles"
  • Poética de Aristóteles em Fahrenheit 451
  • Resumo da poética de aristóteles

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!