Pneumopatias

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2323 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Federal do Rio de Janeiro Núcleo de Estudos de Saúde Coletiva -NESC/UFRJ

PNEUMOPATIAS

OCUPACIONAIS

Carmen Ildes R. Froes Asmus carmenfroes@nesc.ufrj.br

- INTRODUÇÃO
Características e gravidade das reações
=> Natureza e propriedade do agente => Concentração do agente e duração da exposição (dose X tempo de exposição) => Susceptibilidade individual

Toxicocinética -Retenção de Particulados

Retenção de partículas pelas Vias Aéreas: • naso-faringe: 5 - 30 micra;
• traquéia-brônquios-bronquíolos: 1 - 5; • alvéolos: 1

micra.

TOXICIDADE

Partículas Atmosféricas de Processos Industriais
Processos Industriais Padaria Manufatura de baterias Descaroçamento de algodão Motores a diesel Forja Fundição Chumbo Algodão Diesel (emissão) Metal Latão (metal)Ferro Chumbo (forno) Chumbo (sinterização) Contaminantes Atmosféricos Diâmetro da Partícula (um). 12,1 10,9 - 23,4 47,1 0,12 5,5 2,1 - 7,2 2,8 - 16,8 3,3 11

Partículas Atmosféricas de Processos Industriais
Processos Industriais
Mineração Gráfica (editoração) Fumaça

Contaminantes Atmosféricos
Carvão Tinta Cigarro Tipo esmalte

Diâmetro da Partícula (um).
4,6 - 17 27,4 0,4 5,7 6,4 20 - 400,37 0,24 - 0,59 0,25 - 0,48 1,3 - 7,2 / 33,1

Pintura (spray)

Tipo Verniz Base Chumbo (gás natural)

Soldagem

Aço carbono Aço inoxidável

Madeireira

Madeira (acabamento)

VIAS AÉREAS SUPERIORES

FRAÇÃO INALÁVEL (Entrada pelo nariz e boca) FRAÇÃO TORÁCICA (Penetração além da Laringe) FRAÇÃO RESPIRÁVEL (Penetração além dos Bronquíolos)

REGIÃO DE TROCA DE GASES

Doençaspulmonares ocupacionais por hipersensibilidade
• Asma ocupacional • Pneumonite por hipersensibilidade (inalação de poeiras orgânicas, principalmente nas atividades agrícolas – Pulmão de Fazendeiro) • Febre por inalação de fumos metálicos e de polímeros (exposição a altas concentrações de óxidos de metais pesados – zinco e cobre) • Pneumonite tóxica ou edema pulmonar (exposição a altas concentraçõesde gases tóxicos e irritantes como: amônia, cloro e dióxido de nitrogênio, a poeiras e fumos metálicos de berílio, cádmio, mercúrio, níquel, vanádio e zinco, e a produtos químicos de pH extremo ou fortemente reagentes, como o metil-isocianato) • Efusões pleurais (trabalhadores expostos ao asbesto, talco e zeolita)

DIAGNÓSTICO
• História ocupacional • Avaliação clínica
=> Sintomasrespiratórios => Sinais clínicos

MÉTODOS DIAGNÓSTICOS
• Radiologia • Provas de função pulmonar
=> Espirometria => Difusão => Exercício => Provocação brônquica

• LBA • Biópsia

Doenças pulmonares ocupacionais por hipersensibilidade
• Asma ocupacional • Pneumonite por hipersensibilidade (inalação de poeiras orgânicas, principalmente nas atividades agrícolas – Pulmão de Fazendeiro) • Febre porinalação de fumos metálicos e de polímeros (exposição a altas concentrações de óxidos de metais pesados – zinco e cobre) • Pneumonite tóxica ou edema pulmonar (exposição a altas concentrações de gases tóxicos e irritantes como: amônia, cloro e dióxido de nitrogênio, a poeiras e fumos metálicos de berílio, cádmio, mercúrio, níquel, vanádio e zinco, e a produtos químicos de pH extremo ou fortementereagentes, como o metil-isocianato) • Efusões pleurais (trabalhadores expostos ao asbesto, talco e zeolita)

DOENÇAS DO TRATO RESPIRATÓRIO ALTO
• • • • • • • • Perfuração do septo nasal Rinolitíase Rinite aguda Rinite alérgica Laringotraqueíte Irritação nasal e ocular Irritação e queimadura de mucosas Adenocarcinoma de seios da face

DOENÇAS DAS VIAS AÉREAS

- ASMA OCUPACIONAL
• Definição emecanismos
=> Broncoconstrição reflexa => Broncoconstrição inflamatória => Broncoconstrição farmacológica => Broncoconstrição imunológica

• Exploração clínica e ocupacional • Exploração laboratorial • Prognóstico

- BRONQUITE CRÔNICA E LIMITAÇÃO CRÔNICA AO FLUXO AÉREO - ENFISEMA

DOENÇAS DO PARÊNQUIMA PULMONAR E DA PLEURA

SILICOSE
• • • • Principal pneumoconiose no Brasil Rara em...
tracking img