Pneumonia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4170 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Definição
Pneumonias são doenças inflamatórias agudas de causa infecciosa que acometem os espaços aéreos e são causadas por vírus, bactérias ou fungos.
De acordo com Guyton (1997) “a palavra pneumonia designa qualquer condição inflamatória dos pulmões na qual uma parte ou a totalidade dos alvéolos, acha-se preenchida por líquido e células provenientes do sangue”.
De acordo com Kisner e Colby(1998) “pneumonia é uma inflamação do parênquima pulmonar, caracterizada por consolidação e exsudação”.
Segundo Corrêa da Silva (2001) “pneumonia é um processo inflamatório exclusivo ou predominante do parênquima pulmonar, sem reação granulomatosa ou necrose ostensiva”.
Broncopneumonia
Inflamação aguda das paredes dos menores tubos brônquicos, com quantidades variáveis de consolidação pulmonardevido à disseminação da inflamação para os alvéolos peribrônquicos e ductos alveolares; pode tornar-se confluente ou hemorrágica (Dicionário Digital de Termos Médicos, 2007).
Fisiopatologia
O organismo invasor causa inflamação nos bronquíolos e alvéolos. O exsudato se dissemina para os alvéolos vizinhos, proporcionando um meio para a rápida disseminação das bactérias. Os alvéolos ficam cheiosde eritrócitos, leucócitos, macrófagos e fibrina e há congestão em todo o lobo ou em parte dele. A resolução ocorre quando os leucócitos engolfam as bactérias e os macrófagos por fagocitose. Na pneumonia, a função pulmonar se altera em diferentes fases da doença. Nas fases iniciais, o processo pneumônico pode muito bem permanecer localizado em apenas um pulmão, estando a ventilação alveolardiminuída enquanto o sangue continua a fluir normalmente pelo pulmão. Isso resulta em duas grandes anormalidades funcionais pulmonares:
1) Redução na área total da membrana respiratória disponível para as trocas gasosas;
2) Diminuição da relação ventilação/ perfusão. Estas duas anormalidades diminuem a capacidade de difusão, o que resulta em hipoxemia (diminuição do oxigênio no sangue) ehipercapnia (aumento de dióxido de carbono no sangue).
Incidência
Em 2007, ocorreram 733.209 internações por pneumonia no Brasil, correspondendo à primeira causa de internação por doença, isto é, retirando-se as causas obstétricas (partos). Essas internações tiveram maior predominância do sexo masculino e maior ocorrência nos meses de março a julho. Segundo o National Hospitalar Infection SurveillanceSystem (NNIS), a pneumonia nosocomial é responsável por cerca de 15% de todas as infecções hospitalares, ocupando o segundo lugar em frequência. Sua incidência é de 6 por 1.000 altas hospitalares (NNISS, 1984), variando de 4,2 a 7,7, na dependência do tipo de hospital (se universitário ou não), e, provavelmente, refletindo diferentes populações de pacientes sob risco de adquirir pneumonianosocomial. Apesar do desenvolvimento de antibióticos, a pneumonia está entre as principais causas de mortalidade.
Mecanismos de defesa
A pneumonia desenvolve-se quando, por algum motivo, ocorre uma falha nos mecanismos de defesa das vias aéreas.
- Nasofaringe: pêlos, coanas, aparato mucociliar, IgA.
- Orofaringe: saliva, pH.
- Traquéia: reflexo da epiglote (tosse, deglutição).
- Brônquios:ramificações das VAS, IgG, IgM, IgA (anticorpos produzidos depois do contato com o agente). Criança herda alguns da mãe.
- Vias terminais e alvéolos: surfactante, imunoglobulinas, citocinas, macrófagos.
Vias de acesso
- Inalação e aspiração: VAS.
- Disseminação hematogênica: pele, meninge, intestino, osso, vias urinárias.
- Penetração exógena: facada, tiro.
- Continuidade: peritonite, pericárdio,fígado, etc.
Fatores de risco
- Hospedeiro: idade (idosos, recém-nascidos), estado imunológico, desmame precoce, viroses respiratórias, doenças de base (diabetes, HIV, DPOC).
- Ambiental: poluição, tabagismo.
- Sócio-econômicos: condições habitacionais (aglomerações) e sanitárias; dificuldade de acesso ao serviço de saúde.
Quadro clínico
Podem acontecer repentinamente (pneumonia lobar), ou...
tracking img