Pneumatica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2835 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE DO MINHO

1ª parte: Ar-Comprimido

Trabalho Elaborado por:
Marco Marques

Projeto de uma rede de ar co
comprimido
Ao projetar um sistema de ar comprimido temos de planear vários pormenores, tais
como, o equipamento mais adeq
mais adequado para cada caso visto que o investimento será revertido em
estimento ser
benefícios para o cliente. A fase do projeto inclui oplaneamento e a execuçã de todas as
liente.
fas
xecução
etapas, estas são definidas pelas reais necessidades da empresa e os equipamentos ideais para a
pelas
equipamento
solução pretendida. As várias etapas começam com a escolha do compressor que deve ser
várias
compressor
adequada, às necessidades do cliente. Neste seguimento temos de escolher o reservatório,
ssidades
avançando para escolhada rede d distribuição, e por fim temos de efetuar todos os preparativos
de
para a remoção da água acumula no nosso sistema.
cumulada

1. Escolha do Compress
o Compressor
A primeira fase do nosso projeto deve-se à escolha do compressor ideal para a aplicação
fase
ressor
p
que iremos realizar, para isso temos de efetuar cálculos de forma a fazer a melhor escolha
,
t
a fazer
possível.A nossa escolha irá r
escolha
recair sobre dois compressores o A e o B, na s
na seguinte tabela
podemos ver as características dos mesmos. A escolha do compressor deverá cair sobre aquele
or
ca
que têm um melhor rendimento.
rendimento.
Compressor A

Compre
ompressor B

Tipo

Alternativo de êmbolos

Alternativo d êmbolos
de

Diâmetro (mm)

100

150

Curso êmbolo (mm)230

81,
1,5

Folga-de-fundo (mm)

2

3

Cálculos do Compressor A
Volume do ar
4

0.1
0.23
4
1.806 10
2

Volume do espaço morto
4

0.1
0.002
4
1.571 10

1.01325 10
1.806 10
287.041 (273 + 20)
2.176 10 #$
&

%

6

&

1.01325 10
5.924 10


()

1.806
1.747

()
()


1.806
1.790

%+(,
%+(,
%+(,

-.

10
10

− 5.924

− 1.571

10 ).

1.01325

10

.

10

10

()

-.
-.

10
10

(1.571

%+(,

1.747 10
1.790 10
97.598 %

Cálculos do Compressor B
4

0.15
0.0815
4
1.440 10

0 10

4
3

0.15
0.003
4
5.301 10

1.01325 10
1.440 10
287.041 (273 + 20)
1.735 10 #$

%

6

&

1.01325 10
1.999 10

()
()
()

%+(,
%+(,
%+(,

-.
-.
-.

&


1.440
1.240

1.4401.387

10
10

10
10

(5.301

− 1.999

− 5.301

10 )

.

1.01325

10

.

10

10

()
%+(,

1.240 10
1.387 10
89.402 %

Foi escolhido o compressor A devido a ter um melhor rendimento.
Para além dos cálculos efetuados existe ainda outros critérios necessários para a escolha
do compressor. Devemos ter em consideração a construção, tendo configurações como, de
êmbolocom movimento radial, de êmbolo com movimento linear ou dinâmico (radial, axial).
Podemos ver no seguinte esquema as configurações possíveis para um compressor.

4

Temos vários tipos de compressores. O compressor de parafuso é dotado de uma
carcaça onde giram dois rotores helicoidais em sentidos opostos. Um dos rotores possui lóbulos
convexos, o outro uma depressão côncava e sãodenominados, respetivamente, rotor macho e
rotor fêmea.
Outro tipo de compressor é alternativo de pistão de simples efeito, este tipo de
compressor leva este nome por ter somente uma câmara de compressão, ou seja, apenas a face
superior do pistão aspira o ar e comprime. A câmara formada pela face inferior está ligada com
o Carter. O pistão está ligado diretamente ao virabrequim por uma biela (estesistema de ligação
é denominado tronco), que proporciona um movimento alternativo de sobe e desce ao pistão, e o
impulso é totalmente transmitido ao cilindro de compressão. Iniciado o movimento descendente,
o ar é aspirado por meio de válvulas de admissão, preenchendo a câmara de compressão. A
compressão do ar tem início com o movimento da subida. Após obter-se uma pressão suficiente
para...
tracking img