Plantas medicinais de uso popular em boa vista, roraima, brasil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1744 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Plantas medicinais de uso popular em Boa Vista, Roraima, Brasil
Medicinal plants of popular use in Boa Vista, Roraima, Brazil
Francisco Joaci F. Luz
Embrapa Roraima, BR. 174, km 08, Distrito Industrial, C. Postal 133, 69.301-970, Boa Vista, RR
Endereço para correspondência
RESUMO
Boa Vista, capital do Estado de Roraima é composta de uma população muito heterogênea, compreendida pornordestinos, sulistas e amazônidas, que apresentam o hábito da utilização de plantas medicinais em suas manifestações culturais e costumes. Apesar do uso freqüente, as plantas medicinais apresentam cultivo muito incipiente, restringindo-se a canteiros de fundo de quintal e ao cultivo de subsistência em pequenas hortas comerciais. Este trabalho objetivou levantar e identificar as plantas medicinais de usopopular utilizadas em Boa Vista, por meio de informações obtidas com raizeiros, produtores de hortaliças e participantes em curso de plantas medicinais realizado pela Prefeitura Municipal. O trabalho foi realizado de janeiro de 1995 a abril de 1997, e constou de levantamento de informações sobre as plantas e seus usos, coleta de material e sua identificação botânica. Foram identificadas 60famílias, das quais 8 espécies foram caracterizadas a nível de gênero e 105 a nível de espécie. Dentre as plantas medicinais citadas, foram relacionadas 14 hortaliças, 19 fruteiras, 9 consideradas plantas daninhas, 4 de lavoura, 26 de uso medicinal introduzidas de outras regiões e 41 de ocorrência natural em Roraima. A combinação de plantas medicinais nativas e exóticas, hortaliças, fruteiras e outrasplantas cultivadas, no elenco das plantas medicamentosas de uso popular em Boa Vista caracteriza a diversidade de costumes e cultura próprios de uma população de origens diversas, refletindo a riqueza e o potencial do conhecimento popular na solução dos problemas de saúde da população local.
Palavras-chave: planta medicinal, amazonia, fitoterapia.

As plantas medicinais e suas formas derivadasconstituíram durante séculos a base da terapêutica (Scheffer, 1992). Aos poucos, com a evolução da química, substituíram-se os compostos naturais por quimioterápicos, que têm um elevado custo até a fabricação em escala e exigem um alto nível tecnológico para sua produção. Atualmente, as plantas medicinais passaram a ser cogitadas como recurso terapêutico viável, devido aos altos preços e à falta deacesso aos quimioterápicos por grande parcela da população.
No Nordeste brasileiro, cerca de 500 espécies vegetais, cuja maioria está constituída de plantas silvestres, são usadas como medicinais, especialmente pela população do meio rural e da periferia urbana (Matos & Bezerra, 1993).
Boa Vista, capital do Estado de Roraima localiza-se na parte Norte do Estado, apresenta vegetação de savana(Brasil, 1975), com fisionomia típica de cerrado. A população da cidade, em torno de 150.000 habitantes, é bastante heterogênea, sendo compreendida essencialmente de roraimenses, incluindo índios e descendentes dos pioneiros da colonização do Estado, sulistas, nordestinos e nortistas em menor número.

Essa heterogeneidade se reflete na diversidade das manifestações culturais e dos costumes dapopulação boavistense. Dentre esses costumes, destaca-se o uso popular de plantas na cura das diversas enfermidades que atingem a população. Raizeiros e curandeiros, que trazem sua experiência na bagagem quando migram, e populações autóctones ainda mantêm o uso de plantas medicinais como alternativa fitoterápica, tal qual seus ancestrais. O cultivo de plantas medicinais em Boa Vista é muito incipiente,restringindo-se a canteiros de fundo de quintal e ao cultivo de subsistência em pequenas hortas comerciais, que produzem olerícolas de consumo popular. Muitas plantas medicinais são extraídas diretamente da natureza.
Correia Júnior et al. (1994) ressaltaram que, na medicina, produtos originários de plantas ocupam um espaço cada vez maior na terapêutica. No entanto, a coleta desenfreada de...
tracking img