Plano real. impactos gerados

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2025 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1. INTRODUÇÃO
Este trabalho tem como objetivo descrever a importância econômica e social da implantação do Plano Real, além de descrever as etapas de sua implantação e os impactos imediatos e em longo prazo que essa implantação causou. O Brasil passou por períodos de grande inflação, inúmeros planos foram criados nos governos anteriores com o objetivo de reduzir a inflação, entende-se porinflação o processo de aumento contínuo e generalizado no nível dos preços, podendo ser pó demanda, custo ou inercial.
O plano teve como maior objetivo a redução da alta inflação, sendo que ele superou esse objetivo de uma forma positiva para todos. A inflação em descontrole e em alta gera uma incerteza no mercado de produção, causando receio nas empresas ao realizar investimentos e redução no poder decompra da população, prejudicando, mais diretamente, as classes menos favorecidas.
O plano foi acionado em três etapas, sendo a primeira etapa o período de equilíbrio das contas públicas, com redução de despesas e aumento de receitas (entre 1993 e 1994). A segunda foi à criação da URV para preservar o poder de compra da massa salarial, evitando medidas de choque como confisco de poupança e quebrade contratos. Já a terceira foi o lançamento do padrão monetário de nome Real, utilizado até os dias atuais.

2. HISTÓRICO
O Plano surge após inúmeras tentativas de planos nos governos anteriores com a preocupação de não cometer o mesmo fracasso. Logo, o Plano deveria ser implantado de forma gradual e não haveria congelamentos como até então vinha ocorrendo, mas a substituição natural damoeda.
Antes da implantação do plano real, foram introduzidos produzidos vários planos de estabilização monetária entre 1979 e 1991. A moeda foi chamada de Cruzeiro, Cruzado, Cruzado Novo, novamente Cruzeiro, Cruzeiro Real e houve um sistema bi-monetário no primeiro semestre de 1994 que abrigou a URV (Unidade Real de Valor) e o Cruzeiro Real.
No governo de Itamar Franco, quando assumiu aPresidência em 29 de dezembro de 1992, após ser feita a renúncia de Fernando Collor, a inflação acumulada no ano até então estava em torno de 1.119%, já em 1991, 472%.  No de 1990, foi registrado o acúmulo da inflação no valor de 1.621%.  Com o país em uma crise econômica, não havia perspectiva de que ocorresse a redução na inflação.
Devido também a crise política e econômica em que se encontrava opaís, a arrecadação de tributos não foi o necessário para suprir as contas.  O país apresentava como único método, ordenar ao Banco Central, que poderia comprar títulos, que emitisse o dinheiro necessário para as despesas. 

3. JUSTIFICATIVA
É necessário apresentar uma justificativa para implantação do plano real, para isso apresentamos os impactos diretos causados pelo aumento da inflação e osbenefícios advindos com a implantação do plano. O país se encontrava com uma distribuição de renda péssima, o que não mudou muito ao longo dos anos, porém melhor que em períodos de alta inflação, gerando uma grande disparidade de renda.
Esses fatores geram dificuldades no crescimento econômico do país, podemos citar ainda, os problemas adicionais: A inflação em alta gera uma falsacontabilização fazendo com que empresas estimem incorretamente seus lucros, com um índice de variância muito alto, consequentemente, incerteza do consumo do capital próprio.  Esse fato está atribuído a depreciação do capital, sendo computada em termos de seus custos históricos e não em termos de seus reais custos de reposição.  Esta subestimação da depreciação gera uma superestimação dos lucros, o queconsequentemente fará com que a empresa consuma um capital que não possui.
A alta na inflação inviabiliza que os empreendedores e empresários realizem as suas previsões de quais serão os preços dos bens após algum período. De forma que qualquer investimento de longo prazo se torne impossibilitado.  Logos, estes passam a realizar investimento em curtos períodos, visando ao futuro mais imediato — por...
tracking img