Plano de saneamento basico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 36 (8862 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PLANO MUNICIPAL DE SANEAMENTO BÁSICO - ÁGUA E ESGOTO
Minuta






MUNICÍPIO DE RIBEIRÃO PIRES



2010



SUMÁRIO
1. INTRODUÇÃO

2. CARACTERIZAÇÃO GERAL DO MUNICÍPIO

2.1 DADOS HISTÓRICOS

2.2 ASPECTOS FÍSICOS

2.3 ASPECTOS SÓCIOECONÔMICOS E DE SAÚDE PÚBLICA

2.4 ASPECTOS URBANÍSTICOS

2.5 ASPECTOS AMBIENTAIS


3. SISTEMAS DE ÁGUA E ESGOTO

3.1 DADOS GERAIS3.2 SISTEMA DE ÁGUA

3.2.1 PRODUÇÃO, ADUÇÃO E RESERVAÇÃO

3.2.2 REDE DE DISTRIBUIÇÃO

3.2.3 INDICADORES OPERACIONAIS

3.2.3.1 REGULARIDADE DA ADUÇÃO

3.2.3.2 REGULARIDADE DA DISTRIBUIÇÃO

3.2.4 QUALIDADE DA ÁGUA DISTRIBUÍDA

3.2.5 PERDAS


3.3 SISTEMA DE ESGOTO

3.3.1 INTERCEPTAÇÃO E TRATAMENTO

3.3.2 REDE DE COLETA

3.3.3 INDICADORES OPERACIONAIS

3.3.3.1 EXTRAVASAMENTOS3.3.3.2 POLUICÃO DE CÓRREGOS



4. SITUAÇÃO AMIENTAL

5. INVESTIMENTOS REALIZADOS

6. PROGNÓSTICOS

6.1 PLANO DIRETOR

6.2 PROJEÇÕES

7. METAS

8. PLANO DE INVESTIMENTOS

9. PLANO DE INVESTIMENTOS – LONGO PRAZO

10. AÇÕES COMPLEMENTARES

11. FONTES DE FINANCIAMENTO

12. CONCLUSÕES






1. INTRODUÇÃO

O presente Plano Municipal de Saneamento Básico de Água eEsgoto - PMSB abrange os sistemas de abastecimento de água e esgotos sanitários, foi elaborado com base em estudos e informações fornecidos pela SABESP, e oferecido para discussão e aprovação pelo Município, conforme na Lei Federal Nº 11.445/07 artigo 19, que estabelece as diretrizes a serem seguidas no planejamento.
O PMSB estabelecido para o abastecimento público de água e esgotamento sanitáriono Município de Ribeirão Pires está fundamentado no Plano de Metas, no que diz respeito à infra-estrutura de saneamento, e no Plano Local de Habitação de Interesse Social – PLIS da Diretoria de Habitação, da prefeitura do Município de Ribeirão Pires, que tem como um de seus principais objetivos a regularização de áreas de favelas, núcleos urbanizados e loteamentos irregulares, possibilitando assima execução das obras de infra-estrutura, principalmente os coletores tronco em fundos de vale. Dessa forma, a ação conjunta, Prefeitura Municipal e Sabesp, será fundamental para o alcance das metas propostas.
Este Plano de Metas tem como condicionantes e premissas:
• Regularização de áreas e reurbanização – PMIS
• Solução dos fundos de vale ocupados – PMIS
• População e domicílios: projeçõesda Fundação SEADE 2009
• Definição de área atendível no município;
• Imprecisão da Medida: ± 5 %;
• Cenário de ampliação dos indicadores dos serviços, conforme conceitos definidos entre a Sabesp e a PMIS, apresentados a seguir.
Particularmente, o Município de Ribeirão Pires apresenta uma realidade da ocupação urbana do território com áreas consideradas legalmente como rurais, porémurbanizadas, e, áreas com ocupação irregular – áreas de proteção de mananciais, favelas e áreas invadidas. Essa situação traz distorções e imprecisões nos indicadores de atendimento de saneamento de algumas regiões e de forma geral, para o município. Tendo em vista essas distorções, a Prefeitura Municipal de Ribeirão Pires, através da Diretoria de Habitação - Secretaria de Obras, em conjunto comrepresentantes da Sabesp, desenvolveu indicadores que melhor caracterizam o atendimento ao município, definindo, inclusive, a área atendível com Saneamento Básico.
Para compor as metas de atendimento de saneamento básico, foram definidas metas para:
• Cobertura com Abastecimento de Água;
• Atendimento com Abastecimento de Água;
• Cobertura com Coleta de Esgoto;
• Atendimento com Coleta de Esgoto;
•Tratamento do Esgoto Coletado.




2. CARACTERIZAÇÃO GERAL DO MUNICÍPIO

2.1 DADOS HITÓRICOS

Ribeirão Pires, devido à sua posição geográfica, foi usada como passagem obrigatória àqueles que vinham da região portuária de Santos e pretendiam chegar aos campos de Piratininga (em tupi, "peixe seco"). A partir de 1558, o território do atual município de Ribeirão Pires foi incorporado a São...
tracking img