Plano de recuperação de area degradada

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1592 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
PLANO DE RECUPERAÇAO DA ÁREA DEGRADADA
I - OBJETIVO: Este plano visa através da utilização da técnica de semeadura direta, promover a recuperação vegetacional e a estabilização do talude em questão, constante do registro fotográfico da vistoria técnica realizada em área degradada, proveniente de um corte para utilização do material argiloso em aterros. A técnica de revegetação tem comoobjetivos propor a utilização de métodos através da prevenção e mitigação dos impactos ambientais e possibilitar a reabilitação da área afetada pela atividade de extração, ou seja, a recuperação e a preservação das áreas circunvizinhas e marginais à área considerada. II – OPERAÇÕES NA ÁREA Para o crescimento do pátio, tornar-se-á necessário a readequação do corte de talude em bancadas, mantendo-se onivelamento e compactação do terreno com material argiloso. No entanto, ressalta-se que o material retirado deve estar em conformidade com um projeto de engenharia (desmonte e conformação de talude). Toda a atividade deverá ocorrer em períodos de estiagem (secos). Deve-se levar em consideração a emissão de poeira na movimentação de máquinas, sendo necessário a umidificação de toda a área e da estradaacessada para deposição do argissolo. Para tal procedimento deverá ser adotado, a partir da nova conformação da área, a aplicação de organossolo. Promovendo desta forma uma base para de fixação e nutrição de espécimes pioneiros que por ventura venham a colonizar a área. Finalmente, nas cristas de bancadas deverão ser confeccionados drenos, de forma a poder permitir o fluxo das águas pluviais,evitando-se assim seu acúmulo, principalmente sobre as bancadas, evitando-se desta forma a percolação e instabilização das novas estruturas. III – REVESTIMENTO E ESTABILIZAÇÃO DO TALUDE A intervenção do homem deve ser planejada para alterar o mínimo possível a geometria da encosta. Deve-se procurar minimizar os cortes, valendo-se, quando possível, de níveis diferenciados de escavações, acompanhandoa declividade da encosta. Outra providência, de caráter geral, é a proteção dos taludes após cortes e escavações, para evitar a erosão. Para tanto, utilizar-se-á de um eficiente sistema de drenagem, associado aos plantios de vegetação (gramíneas ou leguminosas). Os serviços de engenharia deverão contemplar a confecção de no mínimo três degraus de talude e suas encostas, sendo suas basesvegetadas.

No presente caso, os cortes realizados serão realizados no intuito de reduzir a declividade do talude, dividindo-o em quatro bancadas e suavização de crista ao logo dos 65 metros de comprimento do talude. As dimensões deverão obedecer a Tabela 01. Tabela 01 – Valores de altura e largura das bancadas a serem confeccionadas. Bancadas 1ª bancada 2ª bancada 3ª bancada 4ª bancada Crista detalude H = Altura (metros) 4 2.5 2.5 2.5 2.5 L = largura (metros) 3 1.5 1 1.5 3

A

B

Figuras A e B – Estado atual do talude de corte, em processo erosivo.

C

D

Figuras C e D - Nova conformação e revegetação para estabilização do talude.

Os plantios de espécies vegetais nos taludes de aterro têm como finalidade atenuar os possíveis processos erosivos (ravinas e sucos erosivos), emitigar o impacto visual ocasionado pela exposição das bancadas finais às intempéries climáticas e, localmente, contribuir para a estabilização dos taludes. Com o objetivo de fixar os solos removidos até o crescimento da vegetação indicada, será desenvolvido o método de semeadura manual direta. A técnica consiste em um processo manual, através da qual se distribui sementes de gramíneas eleguminosas juntamente com fertilizantes, através de lançamentos dirigidos sobre a superfície e em pequenos furos no solo a ser recuperado.

IV – ESPÉCIES RECOMENDADAS PARA REVESTIMENTO DO TALUDE

Recomenda-se revestimento de espécies que atendam aos seguintes critérios como: rápida velocidade de crescimento (melhor cobertura inicial do solo), rusticidade, exigências nutricionais, disponibilidade,...
tracking img