Plano de negocio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 50 (12441 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
GESTOR UAM: James Hilton Reeberg

PESQUISA DE DADOS
SECUNDÁRIOS SEGMENTO
TURISMO

Página 1 de 60
Pesquisa de Dados Secundários Segmento Turismo DF 2010

Serviço Apoio de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – SEBRAE/DF

PESQUISA DE DADOS
SECUNDÁRIOS

Segmento Turismo

Brasília – DF
SEBRAE
2010

Página 2 de 60
Pesquisa de Dados Secundários Segmento Turismo DF 2010

DIRETORIAEXECUTIVA DO SEBRAE/DF

José Carlos Moreira De Luca
DIRETOR SUPERINTENDENTE

Maria Eulália Franco
DIRETORA

Rodrigo de Oliveira Sá
DIRETOR

EQUIPE TÉCNICA

Roberto Faria dos Santos Filho
SEBRAE-DF/ Gerente da Unidade de Atendimento Coletivo Comercio e Serviço

Aparecida Vieira
SEBRAE-DF / Unidade de Atendimento Coletivo Comercio e Serviço

COORDENAÇÃO

Lucimar SantosSEBRAE-DF/ Gerente da Unidade de Acesso a Mercado

James Hilton Reeberg
SEBRAE-DF/ Gestor da Unidade de Acesso a Mercado

Página 3 de 60
Pesquisa de Dados Secundários Segmento Turismo DF 2010

Pesquisa de Dados Segmento Turismo

A

I. APRESENTAÇÃO

A Copa do Mundo de 2014 que será realizada no Brasil tendo como
cidades sedes: Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo, Porto Alegre, Curitiba,Belo Horizonte, Salvador, Recife, Cuiabá, Fortaleza Natal e Manaus,
representa uma importante oportunidade para alavancar os negócios de
micro e pequenas empresas em todo o Brasil, em especial nos estados que
terão cidades como sedes dos jogos.
Uma atuação qualificada e inovadora através de produtos e
serviços para as micros e pequenas empresas contribuirá para melhorar a
imagem do país e seconverterá em importante instrumento de acesso aos
mercados nacional e internacional. Serão evidentes os benefícios nos
setores

de

gastronomia,

turismo,

cultura

artesanato,

e

entre

entretenimento,
outros.

Todos

comércio,
esses

serviços,

setores

têm

participação massiva das micro e pequenas empresas.
Para melhor desenhar as ações do Sistema Sebrae foiinicialmente
realizada uma missão técnica a África do Sul, no mês de julho de 2009, com
a participação da maioria de dirigentes e técnicos dos estados onde
acontecerão os jogos da Copa 2014. Em seguida foi realizada uma reunião
de alinhamento em Brasília com representantes de todos os 12 SEBRAE/UF.
O Programa Nacional para Atuação do Sistema Sebrae e a Copa
2014

é

justificado

namedida

em

que

se

compreende

os

efeitos

mobilizadores e aceleradores que um evento como a Copa do Mundo traz
sob o ponto de vista do aproveitamento de oportunidades com a
perspectiva de horizontes de médio e longo prazo, atingindo vários setores
da economia que envolvem fortemente micro e pequenos negócios.
Embora a magnitude do evento influencie todos os setores daeconomia, cabe ao presente termo, traçar uma delimitação da atuação do
SEBRAE, para que se possa concretizar um trabalho objetivo e de
Página 4 de 60
Pesquisa de Dados Secundários Segmento Turismo DF 2010

resultados que, embora preservando peculiaridades, apresente diretrizes
comuns, sem, entretanto deixar de contribuir para compartilhar informações
e dados que possibilitem um largo espectro deoportunidades.
Nesse sentido, os projetos a serem delineados dentro desse
conceito, deverão ter foco no recorte dos setores definidos, e a ação
nacional deve possibilitar a identificação de oportunidades para os micros e
pequenos negócios e empreendedores individuais, todos com o viés do
acesso a mercados, sustentabilidade com ênfase na abordagem da
responsabilidade sócio-ambiental ecompetitividade.
O Sistema Sebrae trabalha com a metodologia GEOR, uma maneira
transparente e que presta contas à sociedade. Além desta metodologia,
com objetivo de entender e atingir ainda mais sua clientela-alvo, o Sebrae
incorporou na GEOR, a metodologia FOCO NO MERCADO. Hoje, o número
de projetos dobrou. O Sebrae torna-se cada vez mais responsável e
comprometido com a qualidade e efetividade...
tracking img