Plano de negócios

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2300 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE CENECISTA DE JOINVILLE – FCJ
CURSO DE TURISMO

PLANO DE NEGÓCIO – ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS/ RECURSOS HUMANOS

ACADÊMICA: ANA MARIA PINHEIRO JOENCK

DISCIPLINA GESTÃO PÚBLICA DO TURISMO

Professora: Marina Wohlke

Joinville
2005

O MERCADO DO TURISMO DE NEGÓCIOS

O Turismo de Negócios

Considerando como a menina dos olhos da grande maioria dos empresários do setor, oTurismo de Negócios (sinônimo de Eventos), no Brasil, passa por um momento de muitas conquistas e grandes progressos.

Nos últimos anos, a atividade de eventos vem sendo analisada e considerada como uma atividade turística, pois, quando ocorre em uma localidade, utiliza toda a sua estrutura (transportes, meios de hospedagem, estabelecimentos de alimentos e bebidas, comércio local, etc).Enquanto um turista de lazer desembolsa em média US$ 80.00(oitenta dólares) por dia, com uma permanência no destino de três dias, o turista de negócios triplica seu gasto diário e aumenta para cinco dias sua estada no destino.

As ações mercadológicas e promocionais do país no exterior resultaram numa excelente colocação no ranking mundial – o Brasil aparece entre os vinte primeiros colocados,conforme o ICCA – International Congress & Convention Association.

A cada dia novos centros de convenções surgem com o intuito de atender à forte demanda de inúmeros tipos de eventos.

Mercados como São Paulo e Rio de janeiro – portões de entrada em nosso território continuam a liderar a captação de eventos nacionais e internacionais.

Porém uma nova realidade está movimentando todo omercado: a grande demanda dos mercados citados acima, assim como a busca de novos destinos vêm desenvolvendo capitais e municípios com estrutura já ambientada ou em vias de projeção para sediar os mais diversos tipos de eventos, de pequeno, médio ou grande porte.

Hoje, temos exemplos bem característicos de cidades que investem e apostam no turismo de negócios mais que o turismo de lazer, emrazão dos dados mencionados o que conseqüentemente, irá desenvolver o turismo da região, gerando inúmeros empregos diretos e indiretos.

Por que investir na Organização de Eventos?

Especificamente para a atividade turística, as vantagens são inúmeras mas iremos destacar os seguintes benefícios:

Gerador de divisas

Como já analisamos, o turista de negócios gasta mais que oturista de lazer, além disso, cerca de 50% destes turistas viajam acompanhados, o que resulta em um aumento expressivo de divisas para a localidade.

Média de Permanência
Como também já vimos, a permanência do turista de negócios é bem maior, possibilitando um ampliação na taxa de ocupação hoteleira, o que também beneficia quase todos os demais componentes da cadeia turística (restaurantes,comércio em geral, transportes internos, etc).

Aumento do Nível de Emprego
O aumento da demanda de profissionais especializados, como recepcionistas, tradutores, seguranças, técnicos de som, de luz, gera chances de empregos indiretos e diretos.

Redução do Período de Baixa Estação
Sugere-se que a grande maioria dos eventos seja realizada na baixa estação turística, diminuindo o impactonegativo da sazonalidade.

Efeito Multiplicador
Não podemos esquecer que antes, durante e após a sua realização, vários profissionais dos mais diferentes setores e empresas são envolvidos e beneficiados com a realização de um evento.

Mas o Que é Evento?

São muitos os fatores responsáveis pela busca cada vez maior da realização de Eventos ou Acontecimentos Especiais, como também sãochamados.

O primeiro deles é a necessidade do ser humano em viver e conviver em grupos; ninguém, vive numa ilha, onipotente e independente.

O evento seleciona seu público-alvo e o agrupa em determinado local, ambiente e horário, onde todos os participante estarão sintonizados no mesmo interesse.

Vejamos o conceito trazido por Gilda Fleury Meirelles, apud Andréa Nakane, p. 5:...
tracking img