Plano de marketing

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3392 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
ÍNDICE

1- Sumário Executivo

2- Identificação da Empresa
2.1- Análise do Ambiente Interno das Empresas (Antes da Fusão)
2.2- Análise do Ambiente Interno das Empresas (Depois da Fusão)

3- Análise dos Quadros
3.1- Análise do Quadro de Rácios de Recursos Humanos
3.2- Análise do Quadro de Dias de Trabalhos Perdidos

4-Propostas de Intervenção

5- Questões a colocar à SERPOR, S.A

6- Organigrama

7- Conclusão



.

SUMÁRIO EXECUTIVO

A presente proposta foi elaborada com base nos dados fornecidos pela Empresa SERPOR, S.A com objectivo satisfazer o nosso cliente ajudando na solução dos seusproblemas de forma a permitir uma maior produtividade alcançada através de relações internas saúdaveis.
Antes da elaboração da proposta foi feita uma análise interna dos recursos humanos da empresa assim como os seus quadros de rácios.
Após a proposta , foi elaborado um organigrama fornecida pela equipa de consultores de forma a demonstrar graficamente as divisões de trabalho,assim como as respectivas relações superior-subordinado.



2. IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESA

2.1. Análise do Ambiente Interno das Empresas (antes da fusão);

Com base na informaçãoapresentada sobre as 3 empresas antes da realização da fusão, verificamos que a empresa Agostinho & Irmãos sedeada no porto e administrada por um dos seus fundadores, optou pela fusão por querer acabar com os problemas de sucessão.
A empresa Oliveira do Hospital, a MGIS, administrada por 3 administradores, em que cada um se preocupava unicamente com o seu própiodesempenho, sem espírito de equipa, com uma grande instabilidade social interna, que se fazia sentir por todos e com grande dificuldade de adaptação às exigência de mercado e até de viabilidade, optou pela fusão para se ver livre de certa forma da tarefa de gestão.
A empresa NACOLDA, a mais recente das três, constituída por uma competente equipa de gestores, aumentando a sua quotade mercado nos ultímos anos, partilhando os resultados positivos com os seus colaboradores, optou pela fusão pelo facto de ter em vista novos negócios.

2.2. Análise do Ambiente Interno das Empresas (Periodo pós fusão)

Nos primeiros três anos após a fusão das três empresas que deram origem a SERPOR S.A, optando-se por uma gestão multimarca, pelo facto das trêsmarcas se posicionarem em segmentos diferentes e com o início da exploração do mercado espanhol, a empresa começou a alcançar alguns resultados positivos mas internamente se vivia um clima de tensões, emoções e de grandes dificuldades o que levou Carlos Branco, Director Geral da empresa a convidar Ana que fora trabalhadora da MGIS para ser responsável dos serviços de recurso humanos, Ana que porsua vez não tinha formação, nem experiência nehuma na área de Recursos Humanos.
a) Levantamento da situação das unidades produtivas por Ana
Os primeiros problemas que foram identificados por Ana, foram nomeadamente o clima de instabilidade e a falta de segurança por parte dos trabalhadores que não sabiam o que lhes iria acontecer, péssimas reacções foram surgindo por partedos mesmos, cada um dos gestores das diferentes empresas estava preocupado em atingir os seus objectivos em relação a produção e eventuais ganhos de quota de mercado, esquecendo-se de avaliar o impacto que estas mudanças ou decisões poderiam ter sobre os seus colaboradores, este facto abrange mais as unidades 1 e 2.
Na unidade 2 (Oliveira do Hospital), tendo como director...
tracking img