Plano de marketing

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5085 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
SUMÁRIO

1 DEFINIÇÃO DO NEGOCIO 4

2 MISSÃO 4

3 VISÃO 4

4 VALORES 4

5 MACROAMBIENTE 4

5.1 AMBIENTE DEMOGRÁFICO 4

5.2 AMBIENTE ECONÔMICO 5

5.3 AMBIENTE NATURAL 6

5.4 AMBIENTE LEGAL 7

5.5 AMBIENTE CULTURAL 8

6 MICROAMBIENTE 9

6.1 A EMPRESA 9

6.2 O AMBIENTE INTERNO DA EMPRESA 10

6.3 FORNECEDORES 10

6.4 INTERMEDIÁRIOS 10

6.5 CLIENTES10

7 ANÁLISE SWOT 11

7.1 FORÇAS DO EMPREENDIMENTO 11

7.2 FRAQUEZAS DO EMPREENDIMENTO 12

7.3 OPORTUNIDADES ENCONTRADAS 13

7.4 AMEAÇAS ENCONTRADAS 13

7.5 TABELA SWOT 14

8 BCG 14

8 ESTRATÉGIA DE MARKETING 15

REFERÊNCIAS 16

ANEXOS 17

1 DEFINIÇÃO DO NEGOCIO

A Mosaico Eco seguirá os mesmos moldes de qualquer agência de propaganda e marketing, ou seja, oatendimento será desde uma elaboração estratégica com planejamentos de marketing e comunicação, até a realização da divulgação de seus clientes em veículos diversos. O que caracterizará a diferença na agência Mosaico Eco, será o serviço prestado aos clientes voltados sempre para soluções sustentáveis e que agreguem o valor de respeito e preocupação com o meio ambiente.

2 MISSÃO

Ser umaempresa que promova o desenvolvimento dos negócios de nossos clientes, elaborando estratégias memoráveis e originais.

3 VISÃO

Ser reconhecida pelos clientes, colaboradores, fornecedores e acionistas, como referencia enquanto agencia de consultoria em Marketing

4 VALORES

Responsabilidade Social – Seriedade com as obrigações em relação à sociedade em geral
Ousadia – Inovar e aprimorarsempre
Integridade/ Ética – Honestidade e transparência em ações e decisões

5 MACROAMBIENTE

5.1 AMBIENTE DEMOGRÁFICO

A Região Metropolitana de Campinas, formada por dezenove municípios, foi criada pela lei complementar estadual 870, de 19 de junho de 2000. A região é uma das mais dinâmicas no panorama econômico brasileiro e representa em torno de 3% do PIB nacional e em torno de 8% doPIB paulista, ou seja, cerca de R$ 70,7 bilhões/ano. Além de ter uma forte economia, a região também apresenta uma infra-estrutura que proporciona o desenvolvimento de toda a área metropolitana.
Conforme a contagem e as estimativas realizadas pelo IBGE em 2010, a Região Metropolitana de Campinas possui 2.798.477 habitantes, espalhados em 3.647 km². É a nona maior região metropolitana doBrasil. A população da Região Metropolitana de Campinas é composta por 1.374.729 homens e 1.423.748 mulheres, sendo que as mulheres são a maioria em 13 dos 19 municípios da região. Já a população rural corresponde a apenas 2,57% do total (71.869 habitantes).
Os 19 municípios compreendidos ocupam uma área de 3.647 km², o que representa a 0,04% da superfície brasileira e a 1,47% do territóriopaulista. A Região possui uma população de 2.770.862 habitantes, segundo dados do IBGE, o que corresponde a 1,49% da população nacional e a 6,7% da estadual. Deste montante, Campinas abriga 39,5%. Hortolândia, Sumaré, Indaiatuba, Americana e Santa Bárbara d'Oeste têm cada um, mais de 170 mil habitantes. Em Holambra, vivem pouco menos de 10 mil pessoas.
A malha viária permitiu uma grandeocupação urbana, organizada em torno de algumas cidades de portes médio e grande, revelando processos de aglomerações urbanas já consolidadas ou emergentes.

5.2 AMBIENTE ECONÔMICO

A economia brasileira cresceu 7,5% em 2010, o que já era esperado pelo mercado. Há 24 anos que a economia não crescia tanto, mas foi graças ao aumento da renda que isso foi possível, uma vez que as famílias decidiramaumentar o consumo e os empresários ficaram otimistas e puxaram os investimentos.
Todos os setores cresceram: agropecuária, serviços e a indústria, que teve alta após o tombo de 2009. Mas ela dá sinais de perda de competitividade. A alta de mais de 30% nas importações mostra isso.
No ranking mundial, o Brasil só perdeu para a China e a Índia. “É muito satisfatório para o Brasil...
tracking img