Plano de emergencia contra incendio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1485 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PLANO DE FUGA EM OCORRÊNCIAS DE INCÊNDIOS E EMERGÊNCIAS EM ESCOLAS

PLANO DE EMERGÊNCIA CONTRA INCÊNDIO de acordo com o projeto de norma nº 24:203.002-004 da ABNT ( setembro 2000 )

1 Objetivo 1.1 Estabelecer as condições mínimas para a elaboração de um Plano de Emergência Contra Incêndio, visando proteger a vida e o patrimônio, bem como reduzir as conseqüências sociais do sinistro e osdanos ao meio ambiente. 1.2 Aplicável para toda e qualquer edificação.

2 Referências normativas As normas relacionadas a seguir contêm disposições que, ao serem citadas neste texto, constituem prescrições para melhor serem descritas. As edições indicadas estão em vigor no momento da publicação. Como toda norma está sujeita a revisão, recomenda-se aqueles que realizam acordos com base nesta queverifiquem a conveniência de se usarem as edições mais recentes das normas citadas a seguir.

NBR 14.276/99 Programa de Brigada de Incêndio Portaria Ministerial (MTb) 3.214/78 - NR-23

3 Recursos Humanos Os procedimentos de emergência contra incêndio podem ser executados por profissional da área de segurança do trabalho, por bombeiro profissional civil, por bombeiro voluntário ou por pessoa comconhecimento do assunto.

4 Alerta O estabelecimento deverá determinar a escolha de um sistema de alerta que seja de fácil identificação e audível em todo o ambiente. Identificada uma situação de emergência, qualquer pessoa pode acionar o sistema de alarme alertando a população.

5 Análise da Situação Após o alerta, deverá ser analisada a situação, desde o início até o final do sinistro, edesencadear os procedimentos necessários, que podem ser priorizados ou realizados simultaneamente, de acordo com os recursos materiais e humanos, disponíveis no local.

6 Primeiros Socorros Prestar primeiros socorros às possíveis vítimas, mantendo ou restabelecendo suas funções vitais com SBV (suporte básico da vida) e RCP (reanimação cardio-pulmonar), até que se obtenha o socorro especializado.7 Corte de Energia Cortar, quando possível ou necessário, a energia elétrica dos equipamentos, da área ou geral.

8 Abandono de Área Proceder ao abandono da área parcial ou total, quando necessário, conforme comunicação preestabelecida, removendo para local seguro, permanecendo até a definição final.

9 Combate Proceder o combate, quando possível, até a extinção do sinistro, restabelecendo anormalidade.

10 Investigação Levantar as possíveis causas do sinistro e suas conseqüências e emitir relatório, com o objetivo de propor medidas preventivas e corretivas para evitar a repetição da ocorrência.

11 Planejamento das ações Devem ser realizadas reuniões com os professores para explicar o objetivo do plano e definir funções a cada profissional lotado no estabelecimento bem comodefinir as rotas de fuga e o local a ser usado como ponto de refúgio. Posterior a este passo, informar a todos os alunos por que deve ser feito o exercício, explicar a todos como devem comportar-se e atribuir funções aos integrantes da Comissão de Saúde.

12 Exercícios simulados Devem ser realizados exercícios simulados parciais e completos no estabelecimento com a participação de toda a população,no período máximo de 06 (seis) meses.

Imediatamente após o simulado, deve ser realizada uma reunião extraordinária para avaliação e correção das falhas ocorridas. Deve ser elaborada ata na qual conste:  data e horário do evento;

 tempo gasto no abandono;  tempo gasto no retorno;  tempo gasto no atendimento de primeiros socorros;  atuação dos profissionais envolvidos;  comportamento dapopulação;  participação do Corpo de bombeiros e tempo gasto para sua chegada;  falhas de equipamentos;  falhas operacionais; e  demais problemas levantados na reunião.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
ABNT/CB-24 - Comitê Brasileiro de Segurança contra Incêndio

NBR 14.276/99 – Programa de Brigada de Incêndio Manual de legislação – Normas regulamentadoras, edição 65ª – editora Atlas 2009...
tracking img