Plano de contas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2142 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
ROBERTHE BATISTI DE ARAUJO

COMO SE CONSTRÓI UM PLANO DE CONTAS DE ACORDO COM A LEI 11.638, BEM COMO A ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL DO TERCEIRO SETOR

Manaus
2010

RONYER BATISTA DE ARAUJO

COMO SE CONSTRÓI UM PLANO DE CONTAS DE ACORDO COM A LEI 11.638, BEM COMO A ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL DO TERCEIRO SETOR

Trabalho apresentado paraobtenção de nota na disciplina Pratica Contábil I, ministrada pelo Prof. Almir Maquine, da Faculdade La Salle.

Manaus
2011

SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO ............................................................................................................................. 04
2 PLANO DE CONTAS................................................................................................................... 05
2.1 CONCEITO DE PLANO DE CONTAS ................................................................................... 05
2.2 OBJETIVO DE UM PLANO DE CONTAS ............................................................................ 05
3 COMO ELABORAR UM PLANO DECONTAS....................................................................... 05
3.1 ELENCO DE CONTAS E CORRESPONDENTE CONJUNTO DE NORMAS......... 05
3.2 CONTAS DO BALANÇO PATRIMONIAL................................................................. 06
4 TIPO DE CONTA.............................................................................................................. 07
5 MODELO DE PLANO DE CONTAS - ENTIDADE SEM FIM LUCRATIVO.......... 08CONCLUSÃO.....................................................................................................................................12
BIBLIOGRAFIA.....................................................................................................................13

INTRODUÇÃO

O avanço tecnológico permitiu o desenvolvimento da contabilidade, tornando-a ciência dainformação e ferramenta de decisão gerencial. Assim, o papel desempenhado pelo contador ganha relevância, com o objetivo principal de adequar práticas contábeis, demonstrações e a evidenciação da informação às novas necessidades dos usuários.
No Brasil a contabilidade aplicada ao Terceiro Setor deve conter os detalhamentos (obrigações) especifica de cada entidade que atue nesse seguimento, poresse motivo que afirmamos que não existe um plano padrão, pois cada instituição tem suas peculiaridades e isto se reflete na sua escrituração contábil.
O primeiro setor é o governo, que é responsável pelas questões sociais. O segundo setor é o privado, responsável pelas questões individuais. Com a falência do Estado, o setor privado começou a ajudar nas questões sociais, através dasinúmeras instituições que compõem o chamado terceiro setor. Ou seja, o terceiro setor é constituído por organizações sem fins lucrativos e não governamentais, que tem como objetivo gerar serviços de caráter público.
Na elaboração do plano de contas precisamos leva em consideração alguns requisitos fundamentais, tais como o estatuto social, as certificações e/ou titulações e os órgãos decontrole (fiscalizações) que as entidades devem presta contas. E ainda, uma analise (mapeamento) das entidades desenvolvidas sua forma jurídica, modelo de gestão, e sobretudo, quais os relatórios necessários.
Diante destas premissas, o presente trabalho apresenta uma síntese, a partir do estudo, das normas contábeis e legislações aplicáveis ao terceiro setor, que devem ser consideradas na elaboração doplano de contas contábil das entidades beneficentes de assistência social (filantrópicas), bem como uma forma de contabilização para o atendimento das novas leis, e também a base do plano de contas.

2 PLANO DE CONTAS

2.1 CONCEITO DE PLANO DE CONTAS
É a estrutura básica da escrituração contábil, formada por um conjunto de contas, previamente estabelecido, que permite obter as...
tracking img