Plano de contas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3176 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
JL & Four Woman’s Ltda. |
Plano de Contas |
Elenco de Contas e Manual de Contas |

Beatriz Oliveira, Fabiana Lira, Jorge Luiz Cauper, Lilian Seixas e Nayara Oeiras.10.04.2012 |

Sumário

1. Conceito de Plano de Contas
1.1 Objetivos do Plano de Contas
1.2 Composições do Plano de Contas



2. Elenco de Contas

2.1 Elencos de contas e correspondenteconjunto de normas




3. Manual de Contas



4. Planos de Contas da Empesa (PCBA):
Jl & Four Woman’s Ltda.


Contabilidade

Geral





CONTABILIDADE
GERAL



Plano de Contas


Conceito

Plano de Contas (ou Elenco de Contas) é o conjunto de contas diretrizes e normas, previamente estabelecido, que disciplinam os trabalhoscontábeis de registro de fatos e atos inerentes à entidade, além de servir de parâmetro para a elaboração das demonstrações contábeis.
O plano de contas constitui ferramenta indispensável no desenvolvimento do processo contábil, sendo que cada empresa deve elaborá-lo, tendo em vista as suas particularidades, observando-se os princípios fundamentais de contabilidade, as disciplinas contidas na Leinº 6.404/1976, a legislação específica do ramo de atividade exercido pela empresa, bem como as normas brasileiras de contabilidade emanadas do Conselho Federal de Contabilidade - CFC.

A montagem de um Plano de Contas deve ser personalizada, por empresa, já que os usuários de informações podem necessitar detalhamentos específicos, que um modelo de Plano de Contas geral pode não compreender.OBJETIVOS DO PLANO DE CONTAS

Seu principal objetivo é estabelecer normas de conduta para o registro das operações da organização e, na sua montagem, devem ser levados em conta três objetivos fundamentais:

a) Atender às necessidades de informação da administração da empresa;
b) Observar formato compatível com os princípios de contabilidade e com a norma legal de elaboração do balançopatrimonial e das demais demonstrações contábeis (Lei 6.404/76, a chamada "Lei das S/A”);
c) Adaptar-se tanto quanto possível às exigências dos agentes externos, principalmente às da legislação do Imposto de Renda.·.
De acordo com o estabelecido na Lei N° 6.404/1976, as contas podem ser divididas em dois grupos:

a) Contas Patrimoniais;
b) Contas de Resultado.

As Contas patrimoniais sãoespecializadas para o registro de elementos representativos de bens, direitos e obrigações, bem como para aquele que compõem o Patrimônio Líquido.

As Contas de Resultado destinam-se aos registros das despesas, dos custos e das receitas. Essas contas- que são abertas na escrituração contábil no início do exercício social e encerradas no final dele- não fazem parte do Balanço Patrimonial, porémpossibilitam a apuração e o conhecimento do custo de fabricação, bem como do resultado econômico da gestão do patrimônio, que poderá ser lucro ou prejuízo.

Embora não contemplado pela Lei da Sociedade por Ações, há um terceiro grupo de contas consideradas extrapatrimoniais que possibilita o registro dos atos relevantes que venham ocorrer na empresa, cujos efeitos podem se traduzir emmodificações futuras do patrimônio.


Composição do Plano de Contas

Em cada empresa, o plano de contas poderá conter um número maior ou menos de informações em decorrência dos interesses da própria empresa ou mesmo da criatividade contabilista. Entretanto, julgamos essencial que um plano de contas contenha pelo menos as seguintes partes: ELENCO DE CONTAS, MANUAL DE CONTAS e MODELOS DE DEMONSTRAÇÕESCONTÁBEIS PADRONIZADAS.


Elenco de Contas

ELENCO DE CONTAS E CORRESPONDENTE CONJUNTO DE NORMAS

O Plano de Contas, genericamente tido como um simples elenco de contas constitui na verdade um conjunto de normas do qual deve fazer parte, ainda, a descrição do funcionamento de cada conta - o chamado "Manual de Contas", que contém comentários e indicações gerais sobre a aplicação e...
tracking img