Plano de aula

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (597 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Ánalise do filme : Sociedade dos poetas mortos

Sociedade dos poetas mortos nos mostra um modelo de escola tradicional, o filme inicia com um discurso do diretor para os estudantes e seusfamiliares enfatizando os cem anos da fundação da escola, como garantia de um ensino que se apóia em princípios da tradição, honra, disciplina e excelência.
Princípios estes que justificam a escolhados pais em enviar seus filhos para aquela escola que é concebida como uma condição essencial para o ingresso às melhores universidades. Temos aí a delimitação do tempo narrativo do filme, tempo esteque é reforçado por cenas em que são destaque o movimento de carros da época e a forma de vestir e de se comportar dos convidados.
Também na entradda dos alunos observamos a utilização de um regimedisciplinar dos alunos no internato, na utilização da biblioteca, nos dormitórios, no refeitório; espaços e tempos segmentados e marcados por horários e ritmos próprios, necessários ao bomdesenvolvimento dos princípios do colégio que, além daqueles destacados institui um tipo de saber próprio das pedagogias tradicionais.
Ai quando chega na escola um professor com metodos de ensinosdiferentes dos que estavam acostumados, os alunos no começo ficam com um pouco de cisma, mas do decorrer da aula eles começam a gostar de literatura, pois incentiva seus alunos a pensar por si mesmos.
Cenascomo as que encoraja seus alunos a subirem na mesa, falarem alto para colocarem para fora o “bárbaro” que habita dentro deles, ou, ainda, quando os estimula a arrancar páginas de um livro deliteratura, referindo-se ao conteúdo destas como “excremento” , também nos falam de um outro tempo e de uma outra concepção do espaço escolar que não a tradicional, baseada em princípios modernos.
O filme éuma grande reflexão sobre a nossa prática pedagogica e sobre o tipo de escola que queremos ajudar a formar, cidadão alienado ou um ser humano participativo, dinâmico que consegue não apenas se...
tracking img