Plano de aula

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1117 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO
DEPARTAMENTO DE BIOLOGIA
ENTOMOLOGIA GERAL





ORDEM PHTHIRAPTERA
(RESUMO)
















ORDEM PHTHIRAPTERA
(do grego, phthirus- = achatado; -a- = sem; -ptera = asas)
A ordem Phthiraptera atualmente possui mais de 5.000 espécies descritas e são vulgarmente conhecidas como piolhos sugadores ou mastigadores, anopluros oumalófagos. Todas as espécies são ectoparasitas (prasitas que vivem no exterior do corpo hospedeiro) permanentes e obrigatórias de aves e mamíferos, onde desenvolvem todas as suas fases de vida. Os piolhos são transmitidos de um animal para o outro principalmente por contato direto, possuem grande dependência fisiológica de seus hospedeiros e são incapazes de sobreviver fora do hospedeiro por mais de umou dois dias.
Esta ordem é dividida em quatro subordens: Anoplura, Rhynchophtririna, Ischnocera e Amblycera (LYAL, 1985). A subordem Anoplura inclui os piolhos sugadores, entre eles, as duas espécies que infestam o homem. Pediculus humanus (Linnaeus, 1758) e Pthirus pubis (Linnaeus, 1758). As subordens Rhynchophtririna, Ischnocera e Amblycera são compostas pelos piolhos mastigadores oumalófagos.

IMPORTÂNCIA MÉDICO-VETERINÁRIA DOS PHTHIRAPTERA
A infestação por piolhos é conhecida vulgarmente como pediculose, ptirose, anoplurose ou malofagose. Um único animal pode ser infestado por milhares de ectoparasitas.
A forma de alimentação deste insetos denota sua importância médico-veterinária como ectoparasitos. Alimentam se frequentemente em pequenas quantidades, esse fato faz com que aação espoliativa e irritativa aumente em hospedeiros intensamente infestados. A ingestão de sangue, ocasional ou obrigatória, possibilita a aquisição e veiculação de vários tipos de microorganismos e helmintos, além da ação irritativa direta no corpo do hospedeiro (bovinos, ovinos, caprinos, equinos, suínos e aves).
A ação direta e perceptível se manifesta por plurido, formação de áreas dedepilação, crostas na pele, irritabilidade e anemia, predispondo o animal para infecções secundárias. Os animais infestados ficam fracos e suscetíveis a outras doenças, coçando-se frequentemente e piorando assim sua condição física.
IMPORTÂNCIA ECONÔMICA:
Encontrados em animais silvestres e de produção, espoliando, estressando e veiculando enfermidades entre os animais e o homem (Pediculus humanus, vetordo tifo epidêmico).
Ação no hospedeiro- (está relacionada ao grau de infestação):
Irritação, o animal pode se coçar até sangrar, alopecia (redução parcial ou total de pelos ou cabelos), escoriação, estresse, redução do peso, queda na produção, a alta infestação de espécies hematófagas pode causar anemia.

SINAIS DE PREJUÍZOS CAUSADOS POR PIOLHOS SUGADORES.
Couro danificado, queda do pelo,reduz a produtividade, pois o animal infestado não descansa e nem se alimenta convenientemente, prurido intenso (coceira) e consequentes lesões na epiderme.

SINAIS DE PREJUÍZOS CAUSADOS POR PIOLHOS MASTIGADORES.
Irritabilidade, as aves apresentam o comportamento de espojar-se na terra devido a coceira, lesões na epiderme, queda da pelagem, redução do potencial reprodutivo, queda de produção pelofato de os animais infestados não descansarem e nem se alimentarem convenientemente.

QUATRO SUBORDENS:
1. ANOPLURA: piolhos sugadores. Associados aos mamíferos. Inclui
o piolho humano.
MALLOPHAGA

2. AMBLYCERA: piolhos mastigadores ou mordedores
3. ISCHNOCERA: piolhos mastigadores. Parasitas de aves, porém são relatados ainda em alguns mamíferos.
4.RHYNCHOPHTHIRINA: parasitas de facóqueros (javali africano) e
elefantes.

MALLOPHAGA – etimologia. Grego (mallos – pêlo); (phagos – comedor).
Antiga classificação. São animais que se alimentam de pêlos de mamíferos e penas de aves (LIMA, 1939).

CARACTERÍSTICAS GERAIS:
• Insetos pequenos, (0,3 a 11 mm de comprimento),
• achatados dorsoventralmente,
• adaptados...
tracking img